LUTO - Enterradas em Minas as vítimas do grave acidente na Bahia

Amanda Barros, de 19 anos e o bebê Samuel Pereir, de apenas seis meses morreram na hora. 

Continuam internados em Conquista os dois sobreviventes do acidente que matou três pessoas de uma mesma família no final da tarde dessa terça-feira, 10, na BR-116, próximo ao município de Cândido Sales, no sudoeste da Bahia. O grave acidente envolvendo um caminhão, uma caminhonete e um veículo de passeio, foi registrado por volta de 16h, na estrada que liga Vitória da Conquista a Cândido Sales.

O veículo foi atingido pelo caminhão e acabou girando na pista, sendo atingido em seguida pela caminhonete. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas estavam em um veículo gol, que partiu ao meio com o impacto da batida. O veículo estava ocupado por cinco pessoas, sendo que três, Ildete Pereira, 45 anos; Amanda Barros, de 19 anos e o bebê Samuel Pereir, de apenas seis meses morreram na hora.

Outras duas vítimas, sendo uma o motorista, foram socorridas com vida ao Hospital São Vicente, em Vitória da Conquista. Uma das vítimas quebrou a clavícula e outra teve ferimentos leves.
Segundo as informações, as vítimas tinham saído de Paracatu, Minas Gerais, com destino a Porto Seguro no Extremo Sul da Bahia. O enterro coletivo aconteceu em Paracatu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments