BAHIA - Sepultamento de jornalista sem autorização dos familiares vai parar na Justiça.

14063960_853679758097275_4286875980049524291_n
Sem nenhum parente na cidade de Una, o jornalista Orivaldo Prudêncio da Silva, 62 anos, conhecido popularmente como “Prudêncio”, que faleceu vítima de infarto no dia 22 de fevereiro deste ano, sendo sepultado por uma suposta pastora evangélica (cuja idntidade não foi informada) sem autorização dos familiares oito horas depois da confirmação do óbito, ainda vai dar muito o que falar.
Prudêncio passou mal em sua residência e foi socorrido por amigos, sendo levado para a unidade hospitalar, onde foi atendido pela equipe médica e enfermeiros de plantão, onde realizaram os procedimentos cabíveis ao caso, no entanto, não resistiu ao infarto
De acordo com informações do Blog Una Na Mídia, e confirmadas pelo Sudoeste Digital, uma filha do falecido disse que estava providenciando o translado do corpo do pai para o Rio de janeiro, quando recebeu a notícia de que seu pai seria enterrado no município de Una. Segundo a herdeira, embora o pai dela tenha falecido às 09h, só às 12h30, ela e seu irmão tomou conhecimento do óbito, e que logo em seguida uma suposta pastora telefonou dizendo que o enterro estava programado para as 17h30 do mesmo dia.
Ainda segundo o Blog, chocada com a rapidez imposta pela pastora de uma Igreja da cidade de Una em realizar o enterro de “Prudêncio”, a família do falecido devem procurar nos próximos dias a Delegacia de Polícia e formalizar uma queixa para que a Autoridade Policial apure as evidencias de crimes e seus responsáveis, e possivelmente a exumação do corpo, cujo procedimento pode ser acompanhado pelo Ministério Público tendo em vista a complexidade do ato, supostamente, criminoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments