Comunicado Toyota Diamantina

BÁRBARIE - Compositor de Léo Santana e Igor Kannário tem cabeça arrancada e corpo queimado


A polícia da capital baiana ainda desconhece a autoria do crime que vitimou o cantor e compositor Felipe Yves, de 21 anos, morto na tarde desta segunda-feira (06) no bairro da Boca da Mata, em Salvador. Autor de hits como ‘Bota o bumbum dela no paredão’, cantada por Léo Santana, e “Depois de nós é nós de novo”, de Igor Kannário, o artista teve a cabeça arrancada com um facão. Depois de morto, ele ainda teve o corpo queimado, segundo informações preliminares da investigação.
O crime aconteceu na localidade conhecida como Independência. Yves atuou como  vocalista da banda Golaço tocando pagode. Em fevereiro deste ano, pelas suas redes sociais, ele anunciou que iria iniciar uma carreira gospel. “A partir de hoje só faço musica Gospel. #ComoDeusQuer só ele me reconhece!”, escreveu.
Testemunhas contaram para polícia que Felipe estava indo para casa da namorada quando foi abordado por traficantes locais.
Depois da notícia da morte de Felipe são muitas as publicações de fãs lamentando o crime. “Deus conforte a família amigos. Chega de violência queremos paz. As facções estao sem limite. Se vc mora no bairro B que é rival do A? vc morre! Pq isso? Temos direito de ir e vir”, escreveu um seguidor referindo-se à suspeita de que ele foi morto porque morava em um bairro onde o traficante rivalizaria com o que comanda o tráfico na Boca da Mata.
A autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deve investigar o caso. Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido preso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments