BRUMADO - Vereadores podem mudar voto por pressão popular

Brumado Acontece
Brumado Acontece

A grande repercussão dos votos dos vereadores que atenderam o gestor municipal a favor de projetos polêmicos tem dado o que falar nas redes sociais e em rodas de bate-papo. Com forte pressão popular, vereadores já se veem pressionado a não votar mais a favor dos projetos polêmicos os chamados “Pauta Bomba” e planos do prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB) podem morrer no meio do caminho. Segundo apurou o site Brumado Acontece, nos bastidores do legislativo brumadense, existem vereadores que reavaliaram a repercussão do voto a favor do projetos de lei de autoria do Poder Executivo Municipal e boa parte está propensa a não votar mais a favor. A repercussão negativa dos edis que votaram a favor tem sido grande e é dado como certo que alguns vereadores não votarão mais a favor dos projetos. Para pressionar os pares, foi criada Projeto de Lei de Iniciativa Popular e estabelece o teto para o subsídio mensal dos Vereadores para as próximas legislaturas, com base no valor do piso salarial nacional dos professores em regime de 20 horas vigente. Nos valores de hoje, somando R$ 1.149,40 (Hum mil cento e quarenta e nove reais e quarenta centavos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments