DISSE-ME-DISSE - Prefeitura divulga nota negando invasão aos computadores da Secretaria de Finanças

Paulo Williams (E), Marivone e Herzem, em foto-montagem do Blitz Conquista
Foto: Reprodução / Blitz Conquista

Passados três dias após as denúncias do jornalista Paulo Nunes, de uma suposta invasão de um hacker, sob a alegada orientação do então secretário de Administração, Paulo Williams, aos computadores da Secretaria de Finanças da Prefeitura de Conquista, o governo Herzem Gusmão resolveu quebrar o silêncio e se manifestar.

Em nota, distribuída agora há pouco, após uma intensa reunião no gabinete do prefeito, que seguiu noite adentro, a Prefeitura nega as denúncias e nega, "veementemente", a ocorrência de qualquer invasão.


A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista nega veementemente que houve qualquer invasão, ou tentativa de invasão, de suas dependências e de suas secretarias durante essa gestão.
A narrativa de uma rotina administrativa comum num momento de troca de governo, para garantir a segurança institucional dos dados da prefeitura, realizada nas salas do núcleo de tecnologia, não pode ser tratada com base em boatos, sem nenhuma consulta formal ao executivo municipal.
Esse tipo de versão está sendo insistentemente levantada desde 11 de janeiro, plantada na imprensa por quem teve seus interesses contrariados, que serão revelados na sua real dimensão, após a conclusão da apuração dos desvios e do relatório final de transição que será encaminhado ao Tribunal de Contas, e às autoridades competentes federais e estaduais, ao final de março.
A versão divulgada em redes sociais e apresentada de forma distinta da realidade dos fatos, ao dar contornos políticos a um fato administrativo normal, colocou em cheque (sic) reputações e valores éticos de pessoas, o que exigiria mais responsabilidade.
A Administração Municipal reitera que está ao lado da comunicação social, que deve se ater aos fatos, e não servir para destruir honras, e assim, com coerência, saber da dimensão e importância do seu papel junto à sociedade.
Entendemos positivamente o papel crítico do jornalismo. Não iremos interferir no trabalho da imprensa, nem nunca será nossa intenção, e não se tornará rotina respostas a suposições e ilações. Mas nesse tipo de situação temos a obrigação de nos posicionar para restaurar a verdade e a justiça, e assim reparar danos morais.
A Prefeitura de Vitória da Conquista segue no firme propósito de construir uma gestão técnica, transparente, de diálogo, e mais preocupada com o interesse público do que com jogos políticos de grupos contrariados, e ainda inconformados com o resultado das urnas e com a soberania do povo conquistense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments