INDELICADEZA - Vereador conquistense despreza uso da Tribuna Livre por preconceito a liderança de Inhobim

Liderança em Inhobim, Luciano Lemos vai fazer uso na Tribuna Livre no dia 31 de março
Um fato curioso foi registrado na sessão da Câmara Municipal de Vitória da Conquista na última sexta-feira (10), durante a votação dos requerimentos, rotina da Casa que aprova ou não solicitações de toda natureza, entre elas o uso da Tribuna Livre, amparada pelo Artigo 35 da Câmara, cujo texto garante: “Fica criada a Tribuna Livre, que poderá ser utilizada, sob direção da Presidência da Mesa, por representantes credenciados de partidos políticos, entidades ou movimentos sociais, ou qualquer cidadão, observados os requisitos e condições estabelecidos nas disposições seguintes”…, seguida das regras para sua utilização.

A curiosidade reside na reação do vereador Osmário Lacerda (PMDB), diante do pedido de Luciano Lemos, que solicitou o uso da Tribuna Livre para tratar de demandas e projetos para o Distrito de Inhobim, ele que é morador e presidente do Conselho de Saúde da localidade, que fica a 65km da sede.

Antes da votação propriamente dita, a solicitação entra em discussão, e é aí que entra a figura do vereador, que pede a palavra e mostrando contrariedade, questiona a razão da solicitação. Segundo o parlamentar os vereadores que tem relação com a localidade já se encarregaram de requerer intervenções, deixando a entender que seria desnecessário o pedido de uso da Tribuna Livre por parte do presidente do Conselho de Saúde.

A observação do vereador, integralmente, foi: “Senhor presidente, este pedido aqui de Luciano Lemos na Tribuna Livre, eu gostaria que no dia que Luciano viesse usar a Tribuna por dez minutos, que o professor Cori fizesse uma relação de pedidos de emendas, indicações… a vereadora Lúcia Rocha,Gilmar Ferraz, Luciano Gomes também, para que nós pudéssemos colocar para ele que nós estamos aqui trabalhando para nossa região e aqui não é casa de vim (Sic) fazer baderna, não. Lá na região tem representante. Eu gostaria que todo vocês trouxessem as nossas indicações para nossa região, para que ele possa saber que nós estamos aqui colocando indicações para nossa região e cobrando também… entendeu? muito obrigado!”

O vereador Carlos Dudé (PTB) discordou do colega e disse que o espaço da Tribuna Livre é um momento para atender ao cidadão. “Nós vivemos num estado democrático de direito e nós precisamos ter este espaço para que a comunidade possa vir aqui e fazer seus reclames naturalmente”, afirmou.

“Não sei porque está gerando esta celeuma em relação ao espaço que nós vamos conceder ao Luciano. Ninguém sabe o que ele vai falar. Ele está simplesmente pedindo um espaço na Tribuna Livre para expor as demandas da região de Inhobim, da zona rural como um todo. Porque esta celeuma? Vamos ouvir o rapaz”, disse a vereadora Lucia Rocha (DEM).

Mas Osmário não ficou sem apoio, encontrando eco de sua fala na voz do vereador Rodrigo Moreira (PP), que parabenizou o colega pela postura. “Ele (Osmário) em momento algum pediu para que o requerimento da Tribuna Livre não fosse aprovado. Ele falou que trouxessem todos os vereadores para mostrar pra ele que aqui tem vereador, vereador que trabalha. Porque tem muita gente que vem aqui e fica na frente de nós pedindo a mesma coisa que pedimos na última sessão. Não é verdade vereadores? A gente tem que prestar muita atenção nisso. Eu parabenizo a postura do vereador Osmário e, fica muito difícil, porque eu também atuo em outras localidades e fica constrangedor pra mim, eu trabalhar todos os dias e a pessoa vim (Sic) aqui e dizer que a pessoa não está trabalhando”, afirmou o vereador, que minutos antes havia parabenizado Lázaro Oliveira Lemos pelo pedido de uso da Tribuna Livre para tratar do tema Escola sem Partido, projeto de autoria do pai do parlamentar, o ex-vereador Gilzete Moreira.


Luciano Lemos possui uma página no Facebook onde com frequência publica imagens e textos sobre demandas de Inhobim e outras comunidades e fará uso da Tribuna Livre no dia 31 de março, tendo direito a dez minutos de exposição.
Por Maurício Sena - Diário Conquistense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments