OPERAÇÃO CARNAVAL - PRF registra 9 acidentes e 14 mortes. Nenhuma no trecho de Conquista

Trecho próximo ao Distrito Industrial, em Vitória Conquista
Foto: Sudoeste Digital / Ag. Bahia Online
O número de acidentes com morte nas estradas federais na Bahia, durante o período de Carnaval, registrou uma queda de 18,18%, embora este ano tenha havido uma vítima a mais do que no ano passado. Foram 13 óbitos em 11 acidentes, em 2016, e 14 mortes em 9 acidentes em 2017, segundo dados divulgados nesta quinta-feira, 2, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Na operação iniciada no último dia 24, ocorreram 95 acidentes. Destes, em 23 houve, pelo menos, um ferido grave ou uma morte. Nenhum acidente com vítima fatal foi registrado no trecho da BR-116 sob a jurisdição da PRF em Conquista.

Dois acidentes, nos dias 27 e 28, somaram sete mortes. No município de Entre Rios, o veículo Renault Logan, placa JRF-7965, saiu da pista e capotou, deixando quatro vítimas. A pista estava seca quando ocorreu o acidente na BR-101, no KM 78, no último dia 27.

Na BR-407, na altura do KM 113, no município de Jaguarari, três pessoas morreram em uma colisão entre um veículo Mercedes Bens, placa JMB-4610, e um Ford Cargo MLE-0958. Foram vitimados, o condutor e o passageiro da Mercedes e o motorista do Ford Cargo.

“Conseguimos flagrar mais condutas que colocam em risco a segurança, que foi proporcional a nossa presença mais intensa. Nesse período, existe um apelo pelo consumo de bebidas e excitação natural das pessoas. E algumas acabam transferindo isso para a condução do veículo”, disse o chefe do núcleo de comunicação da PRF, Rafael Freire.

O reforço no policiamento contou com efetivo e equipamentos de oito estados e um helicóptero. Ao todo foram 1.130 agentes. O fato contribuiu para o crescimento do número de abordagens, que resultaram em crescimento também da quantidade de autuações.

Infrações crescem

O número de veículos fiscalizados aumentou em 27,93% assim como os autos de infração cresceu em 123,93%. O consumo de bebida alcoólica ao volante, as ultrapassagens proibidas e o excesso de velocidade permanecem como erros mais constantes.

Este ano, 6.889 testes de etilômetro foram realizados, contabilizando 171 resultados positivos. Um aumento de 3,63% com relação ao ano de 2016, quando 165 condutores foram flagrados em um total de 4.420 submetidos ao procedimento. O número de motoristas que fizeram ultrapassagens em locais proibidos também aumentou em 81,95%.

Os radares flagraram 25.809 em excesso de velocidade (5.834 imagens foram capturadas pelos radares operados pelos agentes e 19.975 pelos equipamentos fixos nas BRs 324 e 116).
A identificação de irregularidades que comprometem a segurança no trânsito levou à apreensão de 161 veículos. No mesmo período, no ano passado, foram 79.

Durante as fiscalizações realizadas, 35 pessoas foram presas por crimes diversos, 13 veículos roubados foram recuperados, 2 armas de fogo e 10 munições foram apreendidas.

Com redação do A Tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments