RIO DE CONTAS - Incêndio controlado na Reserva Natural Serra das Almas


Foto: Portal Chapada

O fogo que atingiu o Parque Natural Pico das Almas, na Chapada Diamantina, consumiu em torno de 675,23 hectares. O balanço, que equivale 675 campos de futebol, foi divulgado na segunda-feira (6) pelos Bombeiros Militares da Bahia e pela prefeitura de Rio de Contas, município atingido. 

A boa notícia foi passada pelo Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA). O órgão informou que o incêndio iniciado na última sexta-feira (3), na Reserva Natural Serra das Almas, em Rio de Contas, foi controlado. A informação foi dada durante reunião no Gabinete da Sema, nesta manhã, com participação do secretário Geraldo Reis e do Comandante Geral do CBMBA, Cel. BM Francisco Telles.

“Estamos alinhando algumas medidas de prevenção e combate no âmbito do programa Bahia Sem Fogo, uma importante parceria entre diversas instituições, entre as quais o Corpo de Bombeiros e o Inema têm grande relevância”, disse Geraldo Reis. “Ainda hoje, teremos a chegada de uma aeronave Air Tractor, que será mantida de sobreaviso no aeroporto de Lençóis para atuação em situações de grandes incêndios, com capacidade de carregar cerca de 1.800 litros de água.

Também iremos proceder, por meio do Inema, com o recadastramento das brigadas voluntárias, para que possam receber novos equipamentos de combate a incêndio e EPIs que estão sendo adquiridos pela Sema”, informou.

Cerca de 18 homens do Corpo de Bombeiros Militar e de brigadas voluntárias continuam trabalhando nas áreas atingidas em Rio de Contas, por terra e também com equipamento aéreo com Bambi Bucket, bolsa que transporta água para auxiliar no combate. Segundo o subcomandante do 11° Grupamento de Bombeiro Militar, Major Jean Vianey, que atua na região, “após monitoramento não foram visualizados pontos de reignições ou propensão de fumaça de pontos quentes. Até o momento, incêndio em situação de controle, e constante monitoramento”.

A diretora geral do Inema, Márcia Telles, informou, durante a reunião, que ainda não foi possível a inspeção e uma medição georreferenciada da área atingida, a fim de avaliar os impactos ambientais, o que somente poderá ser feito após a completa extinção do fogo e liberação da área pelo CBMBA. A causa do incêndio na Serra das Almas ainda não foi esclarecida, mas há a possibilidade de uma ignição por causa natural, “visto que o fogo foi iniciado de cima para baixo da montanha, segundo relatos”, sinalizou o coronel Telles.

Também participaram da reunião, a chefe de Gabinete da Sema, Iara Icó, a diretora de Fiscalização e Monitoramento do Inema, Lúcia de Fátima Gonçalves, o diretor geral da Sema, Jabson Prado, e o Capitão BM Flávio Rodrigues.

Bahia Sem Fogo atua em outras áreas do estado

O relatório do programa Bahia Sem Fogo aponta outras áreas do estado da Bahia com incêndios em vegetação. No Litoral Norte, nas proximidades da lagoa do condomínio Paraíso, em Guarajuba, desde o sábado (04/03), guarnições do 3° Grupamento de Bombeiros Militares (GBM) e do 11° GBM atuam no combate às chamas. A equipe conta com 16 Bombeiros Militares e três viaturas combatendo as chamas. A área é de charco, similar ao incêndio recente em Praia do Forte, o que dificulta o combate.

Já o incêndio na Reserva Klaus Peters, em Praia do Forte, está controlado, mas a área continua sob monitoramento de 10 Bombeiros Militares. O incêndio foi controlado desde a sexta (03), mas, por precaução, militares estão atentos aos pontos de calor subterrâneo que já foram isolados, mas que ainda carecem de atenção.

A Unidade Regional (UR) Piemonte da Diamantina, do Inema, informa que há foco em Campo Formoso, próximo ao povoado do Santo Antônio, sendo combatido pela brigada da Empresa Ferbasa com aproximadamente 15 brigadistas. Já no município de Saúde, há dois focos, próximo à Fazenda Misteriosa e nas Margens da Barragem de Pindobaçú.

Em Caém, na localidade da Serra da Jaqueira, o incêndio está sendo combatido por brigadistas de Mirangaba, Jacobina e mateiros contratados pela Prefeitura do município. Quatro equipes de campo do Inema e um helicóptero com Bambi Bucket, atuam na região, transportando brigadistas e equipamentos, monitorando e combatendo os incêndios.

*Com informações da Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments