ESPECIAL - Conheça a Carreira de Agente de Polícia Federal

Resultado de imagem para cot policia federal wallpaper

O cargo de Agente de Polícia Federal é um dos mais desejados por aqueles que almejam a carreira policial. Movidos pela vocação e por uma boa remuneração, os candidatos buscam o ingresso em uma das instituições mais respeitadas e admiradas no país.
Enquanto alguns procuram o serviço público para exercerem funções burocráticas, os aspirantes ao cargo de Agente da PF buscam atividades sem rotina específica, como executar investigações e atuar na prevenção e repressão de ilícitos penais.
Mas você sabe como é a carreira de um de Agente de Polícia Federal? Se você vai prestar o próximo concurso para Agente de Polícia Federal, esteja ciente de que o cargo não se destina a concurseiros que atiram para todos lados, mas sim àqueles que possuem o perfil e vocação necessários ao exercício da atividade policial.
Saiba que a profissão muitas vezes é estressante, pois envolve exposição diária ao risco à integridade física e à carreira. Pode ser que você saia inteiro de uma operação arriscada, mas que depois seja acusado por abuso de autoridade e tenha que responder a um processo administrativo.
Saiba também, que o dia a dia de trabalho nem sempre tem o glamour das grandes operações que saem na mídia, e que você pode ter que passar um longo período atuando nas fronteiras, longe de amigos e familiares.
Além disso, tenha em mente que a atividade policial é desvalorizada no Brasil, e que a remuneração não deve ser o fator determinante para a escolha do cargo. No entanto, se você tem certeza de que é isso mesmo que você quer, tenha em mente de que todo sacrifício é válido para conquistar o sonho de se trabalhar com aquilo que gosta.
Apesar das dificuldades, a profissão é gratificante e a maioria dos APFs ama o que faz e não pensa em trabalhar com outra coisa.

Requisitos para ingresso no cargo para se tornar Agente da Polícia Federal

Você vai precisar de: Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior*, em qualquer área, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. Carteira nacional de habilitação, categoria “B”, no mínimo. Ser aprovado no concurso e não ter sido eliminado na investigação social e/ou funcional. Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do § 1º, artigo 12, da Constituição da República. Ter idade mínima de dezoito anos completos, na data de matrícula no Curso de Formação Profissional. Ter aptidão física** e mental para o exercício das atribuições do cargo. Estar em dia com as obrigações eleitorais *

Os cursos superiores de tecnologia reconhecidos pelo Ministério da Educação são suficientes para atender o requisito da graduação para provimento nos cargos de Agente de Polícia Federal, Escrivão de Polícia Federal e Papiloscopista Policial Federal. ** Por decisão do Supremo Tribunal Federal serão reservadas vagas aos candidatos com deficiência nos concursos para os cargos policiais.

A primeira etapa do concurso para ingresso no cargo é composta das seguintes fases: Prova objetiva e discursiva (caráter eliminatório e classificatório) Avaliação psicológica (caráter eliminatório) Exame médico (caráter eliminatório) Exame de Aptidão Física (caráter eliminatório) Você deve ter ciência de que ser aprovado na parte teórica é só o primeiro passo. A Polícia Federal é rigorosa e há um alto índice de reprovação nas etapas de avaliação psicológica e médica e, principalmente, no Exame de Aptidão Física.

Assim, você vai ter que se preparar para essas etapas com a mesma dedicação que se preparara para as provas teóricas. A segunda etapa do concurso público consiste no Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia, a ser realizado no Distrito Federal.

Você terá que se dedicar com a mesma garra que se preparou para o concurso, pois a nota obtida no Curso de Formação Profissional será rigorosamente obedecida para efeitos de escolha de lotação. O curso é ministrado na Academia Nacional de Polícia, em Brasília/DF, sob regime de internato, de 7 horas e 30 minutos, de segunda-feira às 18 horas de sábado, e tem duração aproximada de 04 meses.

Na prática, você pode executar atividades administrativas como fiscalização de aeroportos, fiscalização de segurança privada, emissão de passaportes, controle de registro e porte de armas, controle de produtos químicos etc…
Por outro lado, há setores mais operacionais em que você vai trabalhar diretamente com operações de repressão a crimes como o tráfico internacional de drogas. O setor mais operacional da instituição é o COT – Comando Operações Táticas – que é a tropa de elite da Polícia Federal, treinada para agir em situações extremas que exigem um preparo além do convencional. Para ingressar no COT, o candidato deve passar um por um processo de recrutamento interno ter um excelente condicionamento físico e mental para suportar e ser aprovado no rigoroso treinamento que dura cerca de um ano.

Jornada de trabalho 

A jornada normal de trabalho é de segunda a sexta-feira, com carga horária de 8 horas diárias e 40 horas semanais, em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva. No entanto, há jornadas especiais, como o regime de plantão de 24 horas de trabalho por 72 horas de descanso. Há ainda, o regime de sobreaviso que, apesar de não ter previsão legal, acaba ocorrendo na prática. Nesse caso, você pode ser acionado a qualquer momento durante o período de folga. Lotações Não entre no DPF pensando que irá ser lotado de início em uma capital ou que com pouco tempo conseguir uma remoção.

No concurso de 2012, por exemplo, foram disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima e em unidades de fronteira.

Por uma questão de justiça, você será lotado inicialmente em localidades mais distantes e de fronteiras, e os que estão lá há mais tempo serão removidos para localidades melhores. Tem muita gente nas fronteiras e que não vê a hora de voltar para casa. Momento de escolha da lotação A nota do concurso não tem valor para definir onde você será lotado. O critério utilizado é a nota no Curso de Formação Profissional.

Conforme previsto no edital do concurso, a “nota obtida no Curso de Formação Profissional será rigorosamente obedecida para efeito de escolha de lotação.” Assim, ao final do curso, é disponibilizada uma lista com todas as lotações disponíveis. Os aprovados são chamados por ordem de classificação para a escolherem uma lotação. Dessa forma, se você ficar mal colocado no curso, poderá ficar apenas com o que restou.

No curso você fará amigos para toda a vida, mas não vá pensando que é uma colônia de férias e que vai ser só balada. Além da importante para fins lotação, o treinamento é sério e eliminatório. Você não vai querer ser desligado do curso depois de ter superado tantas etapas difíceis. Como funciona a remoção A cada novo concurso os novatos são destinados para as “piores” localidades, e os que lá estão participam de um concurso de remoção interna para tentarem ir para lotações melhores. Cada lotação tem uma pontuação que varia de 1 a 4 pontos.

Quanto menor a pontuação, melhor a lotação e quanto maior a pontuação, “pior” a lotação. Quanto mais tempo você ficar em uma lotação mais pontos você ganha. Quanto mais pontos você tiver, mais chances de ser removido. Assim, se logo de início você for para uma lotação que vale 4 pontos de início, a tendência é que consiga ser removido mais rápido.

Plano de carreira 

Você muda de classe a cada 5 anos, até chegar à Classe Especial. Ou seja, após 13 anos você atinge o final da carreira.

Os requisitos para promoção estão previstos no Decreto nº 7014/2009. “Art. 3 São requisitos para promoção nos cargos da Carreira Policial Federal: I – exercício ininterrupto do cargo: a) na terceira classe, por três anos, para promoção da terceira para a segunda classe; b) na segunda classe, por cinco anos, para promoção da segunda para a primeira classe; c) na primeira classe, por cinco anos, para promoção da primeira para a classe especial; II – avaliação de desempenho satisfatória; e III – conclusão, com aproveitamento, de curso de aperfeiçoamento. Parágrafo único. Interrompido o exercício, a contagem do interstício começará a correr a partir do retorno do servidor à atividade.” Subsídio A recente Medida Provisória 650 publicada em 01 de julho de 2014, reajustou o subsídio dos cargos de Agente, Escrivão e Papiloscopista que, a partir de 1 de janeiro de 2015, passa a vigorar de acordo com a seguinte tabela: Classe Especial: R$ 13.756,93 1ª Classe: R$ 10.965,77 2ª Classe: R$ 9.132,61 3ª Classe: R$ 8.702,20 Além disso, há o auxílio-alimentação no valor de R$ 373,00, que tem caráter indenizatório e não se incorpora ao subsídio. Por fim, há as diárias, que são pagas em razão do tempo de deslocamento do servidor para operações em outras localidades, e que também possuem caráter indenizatório e não se incorporam.

Aposentadoria Especial 

II – voluntariamente, com proventos integrais, independentemente da idade: a) após 30 (trinta) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 20 (vinte) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se homem; b) após 25 (vinte e cinco) anos de contribuição, desde que conte, pelo menos, 15 (quinze) anos de exercício em cargo de natureza estritamente policial, se mulher.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a carreira, é hora de focar nos estudos!

Somos forte na linha avançada! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments