Greve dos rodoviários é a "senha" para empresariado exigir novo aumento na tarifa; Eles querem a passagem entre entre R$3,40 e R$3,60

Cidade-Verde

Rodoviários da Cidade Verde anunciam greve por tempo indeterminado

Os rodoviários da empresa Cidade Verde, uma das duas empresas que operam no transporte coletivo de Vitória da Conquista, anunciaram greve por tempo indeterminado.  De acordo com o Sindicato da categoria, a decisão foi tomada na tarde desta segunda (24), após a empresa cancelar a reunião proposta para discutir o reajuste salarial. 

A direção da Cidade Verde alega que a manutenção das paralisações, organizada pelo sindicato da categoria desde a última terça (18), significa “abandono da mesa de negociação, razão pela qual, entende a empresa que está cancelada a reunião agenda para esta data”, informou o ofício da Cidade Verde encaminhado à Prefeitura de Vitória da Conquista. 

As empresas manifestaram a intenção de somente aceitar a proposta do sindicato se houver novo reajuste na tarifa, entre R$3,40 e R$3,60. O problema é que já houve majoração no preço da passagem, em vigor desde o final de janeiro deste ano, quando o valor saltou de R$ 2,80 para R$3,30 - reajuste de 17,85%, bem acima da inflação. Assessoria de Imprensa da empresa ainda não se pronunciou até o momento.

Nesta terça-feira (25), conforme o Sindicato, das 05 às 08 horas, os veículos vão circular normalmente. Das 08 às 17 horas, apenas 30% da frota de veículos vai rodar. Das 17 às 19 horas, os ônibus voltarão a circular com 100% da frota. Já de 19 horas à meia-noite, apenas 30% dos ônibus da empresa atender a população.

Reivindicações

Os rodoviários cobram reajuste salarial de 16%,  aumento do valor do o tíquete-alimentação para R$ 450, prêmio de férias, implantação de plano de saúde – 80% pago pelos patrões e 20%, pelos funcionários – e intervalo fracionado de 10 minutos entre as viagens, que, atualmente, são de 2 horas.

ARTIGO

TRANSPORTE COLETIVO, O POVO PEDE SOCORRO! MAIS QUEM IRÁ SOCORRER?

                Que o Transporte Coletivo de Conquista é de péssima qualidade todos já sabem, mais tem coisas que não podemos deixar para lá. Demorei mais de um mês para escrever essa minha indignação esperando que algo fosse resolvido, mais como piorou as coisas chegou a hora.
            Sempre a Viação Vitória foi o alvo das reclamações e não será dessa vez que ela ficará de fora. No dia 18/03/17, estava eu com a minha família e outras pessoas aguardando o ônibus que faz a linha D30 (UESB/Vila Serrana) em um ponto na avenida Rosa Cruz próximo ao Centro de Cultura, quando o motorista que conduzia o veículo de nº 7116, ao perceber a quantidade de pessoas, desligou o itinerário, ficou com a porta do meio aberta e passou fazendo um gesto na qual o veículo estava quebrado. Porém ele fez o retorno e seguiu na avenida Siqueira campos, sentido parque de exposições e algum tempo depois já estava fazendo seu roteiro normal. Outra situação se deu no dia 25/03/17, quando o ônibus que faz a linha D37 (Vila Serrana/UESB via FTC), não passou no horário. Ao entrar em contato com a garagem da empresa, eles simplesmente informaram que o ônibus não iria “rodar” naquele dia. Já no dia 28/03/17, o ônibus que faz a linha P53 (Vila Serrana/ Vila América), também não passou e a alegação foi de que não tinha carro, segundo informações da garagem da empresa. Eu como usuário do transporte coletivo e leitor desse blog fico indignado com essa situação, visto que mudou a gestão municipal e o que a população tanto queria que seria a melhoria, continua acontecendo e cada vez pior. Outro absurdo que vem acontecendo constantemente, é com o ônibus da mesma empresa, Viação Vitória de nº 8098, onde o horário de saída da UESB é 14h20 e 14h15 ele já está passando nas proximidades da Justiça Federal. O problema é que às pessoas tem que esperar o próximo, porque esse sai antes do horário e o engraçado, se é que podemos dizer isso, é que com fiscal da empresa lá na UESB, permite que esse motorista faça essas coisas. Será que o fiscal tem medo de perder o emprego e deixa esse motorista fazer o que quer? Cadê a fiscalização da prefeitura? Vale salientar que no meu ponto de vista, o que segura ainda a viação vitória na cidade é a prefeitura (claro), mais principalmente os motoristas e cobradores pelo bom tratamento destinado as pessoas que utilizam o serviço, lógico que não são todos, mais a grande maioria está de parabéns. Em relação a Viação Cidade Verde não se pode dizer o mesmo. O tratamento para com os passageiros é de péssima qualidade, salvo alguns motoristas e cobradores que são educados, mais a grande maioria trata os passageiros com ignorância e estupidez. Tem também um fiscal que trabalha na Cidade Verde pela manhã, que quando os ônibus chegam no terminal, ele faz a maior confusão. Se não bastasse o caos que é o trânsito, esse fiscal faz com que os ônibus parem no meio da plataforma e fica chamando os passageiros atrapalhando os demais veículos que querem sair e cumprir seus horários. Outro dia, escutei uma entrevista do gerente da Cidade Verde à uma rádio da cidade na qual ele falou que o seu pessoal estava passando por um treinamento para melhorar o atendimento ao passageiro. Pelo visto, ele jogou dinheiro fora. Ainda sobre a cidade Verde, com esse imbróglio que está aí com o sindicato dos rodoviários, o gerente quer segundo o que se ouve nas ruas e até mesmo em entrevistas por parte do sindicato, o aumento novamente da tarifa. Será que ele é louco? Eu como usuário do transporte coletivo, acho que ele devia arrumar as trouxas dele e ir embora. Esse indivíduo vem aqui querer sugar o dinheiro da população conquistense. Absurdo!
            Quero falar também sobre a vistoria do transporte coletivo. Batendo na mesma tecla, porque os ônibus da Cidade Verde têm o selo de vistoriado e o da Vitória não tem se foram vistoriados também? Outra coisa, que tipo de vistoria é essa realizada pela prefeitura onde os veículos da Vitória, continuam do mesmo jeito ou até mesmo pior do que eram antes da vistoria? Sem campainhas, sem faróis, estope traseiros e muito mais coisas que se for relatar aqui, você caro leitor, ficaria cansado de ler. Então prefeitura, na gestão passada, a Vitória foi protegida e o povo sofrendo. Agora na nova gestão, irá acontecer a mesma coisa? Vão deixar essas empresas fazerem novamente o que faziam na gestão passada? Vão deixar o povo sofrer ainda mais com empresas que só querem sugar da cidade? Tomem uma atitude, o povo não aguenta mais. Volto a dizer: Sou usuário do transporte coletivo e leitor desse blog, continuarei a reclamar até que alguém tome uma atitude. Continuarei a fiscalizar o nosso transporte, porque eu e toda a minha família utilizamos esse que era até então pra ser um transporte coletivo de qualidade. Falei e falo. NÃO SOU BAÚ!

Alexandre Marques – Leitor desse Blog e Usuário do Transporte Coletivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments