Gabarito do concurso da Ufba é divulgado; Mais de 72 mil candidatos realizaram as provas do concurso no domingo

Mais de 72 mil candidatos realizaram as provas do concurso neste domingo - Foto: Alessandra Lori | Ag. A TARDE | 29.10.2017

Foi divulgado na manhã desta segunda-feira, 30, pelo Instituto AOCP, o gabarito das provas do concurso para servidor técnico-administrativo da Universidade Federal da Bahia (Ufba), cujas provas foram realizadas neste domingo, 29, em Salvador e em Vitória da Conquista. 
Mais de 72 mil candidatos fizeram a prova do concurso, disputando uma das 260 vagas para níveis fundamental, médio/técnico e superior. 
Os candidatos que não levaram o caderno de questões para casa podem fazer o download da versão digital do exame, por meio do site da organizadora do certame.
Recursos
Os candidatos que desejam impetrar recurso contra o caderno de questões e o gabarito preliminar da prova objetiva podem realizar o procedimento a partir das 0h desta segunda-feira, 31, até as 23h59 de terça, 1º, por meio do site da organizadora.

Membro de quadrilha inscrito no concurso da Ufba não foi fazer a prova

Dos mais de 72 mil inscritos, 54.253 candidatos compareceram
A Universidade Federal da Bahia (Ufba) informou, nesta segunda-feira (30), que um suspeito de fazer parte da quadrilha que planejava fraudar o concurso da instituição não compareceu ao exame. As provas aconteceram neste domingo (29), em Salvador e em Vitória da Conquista. 
De acordo com a instituição, a Polícia Federal identificou um membro da quadrilha entre os inscritos para concorrer à vaga de Técnico de Laboratório/Química. No entanto, o candidato não apareceu. 
Através da assessoria, a Pró-Reitoria de Desenvolvimento de Pessoas da Ufba informou que o processo seletivo ocorreu “com normalidade”. A Polícia Federal reforçou que não houve problemas e que ninguém foi preso. 
Dos mais de 72 mil inscritos, 54.253 candidatos apareceram para fazer a prova – o que leva a um percentual de 24,55% de abstenção.
Suspeita de fraude
O concurso da Ufba aconteceu após uma semana atribulada. Na terça-feira (24), foi publicada uma denúncia sobre a suspeita de fraude no concurso, investigada pela Operação Gabarito da Polícia Civil da Paraíba. 
Na última quinta (26), a Polícia Federal instaurou um inquérito para apurar as denúncias sobre a suspeita de fraude no concurso. A corporação informou ainda que já está com todos os documentos e as informações que foram repassadas pela Polícia Civil da Paraíba, que investiga a atuação de uma organização criminosa envolvida em um esquema suspeito de ter fraudado mais de 100 concursos pelo país. No dia seguinte, a corporação confirmou ter encontrado, na lista de inscritos do concurso, nomes ligados à quadrilha.
As primeiras informações sobre uma suspeita de fraude surgiram nas redes sociais e nos grupos para compartilhar material de estudo, na semana passada. A Polícia Civil da Paraíba apontava que uma organização criminosa daquele estado fraudou o concurso do Tribunal de Justiça de Pernambuco – e, entre as provas, indícios e conversas interceptadas que indicavam que a mesma fraude seria cometida dali a alguns dias, na prova da Ufba, em Salvador.
Em entrevista, na última segunda-feira (23), o delegado Lucas Sá, titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) da Paraíba e responsável pela chamada Operação Gabarito, confirmou: há indícios de que o mesmo grupo que é acusado de ter fraudado mais de 100 concursos pelo país esteja atuando para favorecer candidatos às 222 vagas da Ufba.
“A lista inicial (dos beneficiados) conta com 10 nomes, mas identificamos informações que indicam que pode chegar a 30 beneficiados”, afirma o delegado, que diz ainda não ter a identificação de todos os possíveis beneficiários. Apesar disso, todos os membros da quadrilha já estão identificados: 31 estão presos e outras 40 pessoas, ainda em liberdade, estão sendo investigadas.


Comments