Mantida prisão de mulher que mandou matar casal para filho ficar com herança

Daniela e os comparsas responderão por homicídio duplamente qualificado - Foto: Divulgação l Polícia Civil
Daniela e os comparsas responderão por homicídio duplamente qualificado
Nem os nove anos de convivência e o filho, fruto do relacionamento, foram suficientes para impedir que Daniela Pinho de Souza, de 25 anos, planejasse o assassinato do ex-marido, Fabrício Trevisani, 34, e a atual companheira dele, Maricelia Silva Bobio, 24, na madrugada do último dia 19. A reportagem é de Raul Aguilar, do Jornal A Tarde.
O crime foi cometido na fazenda da vítima, em Itabela (a 700 km de Salvador).
Os autores foram descobertos após indícios apontarem a participação de Jhonatan da Silva Teixeira, 24, namorado de Daniela, no crime.
O coordenador da 23ª Coorpin (Eunápolis), delegado Moisés Damasceno, disse que, em depoimento, Jhonatan confessou o duplo homicídio e atribuiu a Daniela o mando. “Ela disse que resolveu planejar o crime após descobrir que a atual esposa de Fabrício estava grávida e que ele planejava requerer a guarda do filho que vivia com ela. Daniela viu na morte das vítimas a chance de deixar seu filho como o único herdeiro”, explicou.
Ainda foram presos, suspeitos de participação no crime, Taniro Francisco Ribeiro, 23, Rafael Barbosa da Silva e Eferson Queiroz Santos, 28. Um adolescente de 17 anos foi apreendido.
De máscara
O delegado afirmou que na noite do crime, Jhonatan chegou à fazenda com Taniro, Rafael, Eferson e o adolescente. Jhonatan e Rafael foram em direção à casa das vítimas, enquanto o restante foi para a residência do caseiro.
Para não ser identificado, Eferson utilizava a máscara de hóquei consagrada por Jason Voorhees, personagem da saga de terror ‘Sexta-Feira 13’.
Moisés conta que Jhonatan arrombou a porta e já entrou atirando, atingindo as vítimas enquanto dormiam. Ao perceber que a arma havia descarregado e que Fabrício ainda estava vivo, resolveu degolar o empresário.
Na ação, os suspeitos roubaram o celular do caseiro, uma espingarda de pressão e uma espingarda cartucheira .40 da vítima, que já foram recuperados.
Vítimas sofreram o ataque enquanto dormiam (Foto: Arquivo pessoal)
Traição compartilhada
O delegado informou que o relacionamento de Daniela e Fabrício terminou após fotos e vídeo de uma traição dela vazarem pelo “zap”. Ele casou com Maricelia meses depois. Nesse ínterim, Fabrício recebeu uma fazenda de herança e Maricelia engravidou.
Ao saber da gravidez, Daniela planejou o crime junto com o namorado. Eles prometeram a quem participasse do crime pertences da fazenda. Só não saquearam o lugar porque o alarme tocou e tiveram que fugir às pressas.
Revolta da população
O crime chocou a população de Itabela, no sul da Bahia. Um morador que conhecia as vítimas e que não quis se identificar disse que o delito gerou revolta: “Todos nós ficamos muito tristes. Eram pessoas queridas e trabalhadoras. Fabrício vendia produtos de sua fazenda e Maricélia tinha um salão, onde fazia sobrancelha. Conhecíamos também Daniela e não imaginamos que ela seria capaz disso. Inclusive, no velório das vítimas, ela estava lá chorando e fazendo cena”.
Daniela foi presa em Itabela e os comparsas em Eunápolis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments