Sudoeste: Ato público pede saída de delegado em Piripá

A população de Piripá, município localizado no sudoeste baiano, não quer mais que o delegado Florisvaldo Nery da Cruz continue trabalhando na cidade. O povo está revoltado diante da criminalidade desenfreada na cidade, onde nenhuma providência é tomada.

Em 2007 o juiz da comarca mandou prender esse mesmo delegado, sob acusação de prevaricação (crime cometido por funcionário público quando, indevidamente, este retarda ou deixa de praticar ato de ofício, ou pratica-o contra disposição legal expressa, visando satisfazer interesse pessoal) e obstrução da Justiça. Ele não foi encontrado na cidade para comentar sobre os protestos.
As pessoas vivem aterrorizadas com a onda de violência que assola os moradores dessa pequena cidade de quase 12 mil habitantes. Os casos são os mais diversos, como: tráfico de drogas, assaltos, homicídios, roubos e furtos dos mais variados. Desde os casos mais simples até os mais graves, o delegado não toma nenhuma providência. Os inquéritos nem sequer chegaram a ser iniciados. “Procurei a delegacia para que resolvessem meu problema, mas até hoje nunca soube quem roubou minha moto”, afirma cidadão, que teve seu transporte furtado por elementos.
Diante de tanto descaso do delegado Florisvaldo, centenas de moradores realizaram nessa quarta-feira (25) um ato público exigindo a sua saída imediata e a substituição por outro que tenha comprometimento com o povo de Piripá. 
Os moradores se reuniram na Praça da Bandeira, centro da cidade, e seguiram em passeata pelas ruas da cidade, passando pela delegacia e finalizando na BA-263, saída para Vitória da Conquista, onde fecharam a via e pediram a presença de um representante da corregedoria da Polícia Civil. Uma viatura da CIPE-Sudoeste, e policiais da Civil e da 80ª Companhia Independente de Polícia Militar acompanharam as ações para garantir a ordem e negociar a liberação da via obstruída nos dois sentidos. Um dia antes do ato público diversos muros e portões de residências receberam a mensagem “Fora Delegado”.
O prefeito de Piripá, Flávio Oliveira Rocha, o vice João Rinaldo Ribeiro, e os vereadores Eurico João Francisco Almeida, Domingos Barbosa, Jovino Jesus, Jurandi Costa, Sidnalva Maria de Brito, Ana Núbia Barbosa, Maurício Rocha e Leci Soares integraram as atividades. O ato contou também representantes dos mais variados setores e segmentos da sociedade piripaense, como associações, servidores públicos, igreja católica e evangélica, juventude e a população de modo geral.
Fotos: Ascom Prefeitura de Piripá

Comments