PERIGO - Cautela da PM evita tragédia com grupo portando pistolas de airsoft

Imagem: Luciano Santos/97 News
A cautela de várias patrulhas da Polícia Militar de Brumado evitou uma tragédia que poderia ter vitimado quatro jovens portando pistolas de airsoft, réplicas idênticas da Taurus 24/7, calibre ponto 40. As informações são do 97 News.

Apesar de a atividade ser permitida, observados alguns requisitos em lei, o grupo de adolescentes não fez o comunicado da prática à polícia e se reuniu em um prédio abandonado, no Bairro Baraúnas, ostentando as pistolas e chamando a atenção de moradores. Temendo um assalto ou a prática de outro delito, os moradores imediatamente acionaram a polícia.

De acordo com o major Adriano Souza, a Polícia Militar e o Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) foram acionados por moradores do bairro, informando que havia homens armados em um prédio abandonado, próximo ao Estádio Gauchão.

O fato aconteceu nesse domingo, em Brumado. De acordo a denúncia, homens foram vistos com “armas” nas ruínas de um antigo prédio, mas tudo não passava de uma brincadeira de amigos com armas de “Airsoft”. Viaturas foram até o local e chegaram com sirenes e giroflex ligados.

Durante a abordagem, os policiais constataram que se tratava de uma brincadeira de jovens do bairro com armas de airsoft, não caracterizando ilegalidade, exceto a falta de comunicação à polícia sobre a atividade em local público.

Em entrevista ao 97 News, o major falou sobre o procedimeto de abordagem, que evitou um confronto e, consequente tragédia. "Indagamos sobre avisos e autorização as autoridades locais. No entanto, eles disseram que apenas informaram no "Whatsapp da PM", mas não souberam dizer a quem. Se não tivéssemos a devida cautela, poderia ter ocorrido uma fatalidade, pois de longe aparentava ser algo bem real", alertou o policial.

A polícia orientou os adolescentes a não repetirem a brincadeira, já que os objetos se parecem muito com armas de fogo, e podem assustar os moradores, além de provocar a mobilização desnecessária da PM. A polícia não informou sobre os procedimentos adotados após a abordagem, nem sobre o destino das pistolas de airsoft.

O Airsoft é um prática esportiva e de recreação em que os jogadores simulam praticas policiais e militares com uso de armas de pressão que disparam projéteis de plástico. A brincadeira já virou uma febre em outros países.

No Brasil, já entrou em vigor a lei, que reconhece o Paintball e o Airsoft como esporte. A nova lei pretende endurecer a comercialização desse tipo de arma. As autoridades orientam que os praticantes desse tipo de esporte procurem um local fechado para o uso dos brinquedos com segurança.

Já em via pública, se não houver um comunicado para as autoridades, os responsáveis poderão responder judicialmente. O Airsoft é um esporte regulamento no Brasil através da portaria 002-COLOG, de 26 de Fevereiro de 2010 e do Decreto Nº 3.665, de 20 de novembro de 2000, conhecido como R-105. (97 News)

PUBLICIDADE