CASO BRAMONT - Justiça nega habeas corpus e mantém prisão

Resultado de imagem para Antonio Carlos de Jesus Bramont
A Justiça decidiu manter a prisão do ex-chefe do Cartório do 1º Ofício de Registro de  Imóveis de Vitória da Conquista, Antônio Carlos de Jesus Bramont, apontado como  comandante de um esquema de fraude no local.

Segundo a polícia, ele cobrava uma taxa de agilização para a realização dos serviços. Bramont foi detido em 3 de abril pela Operação Factum e foi indiciado pelos crimes de corrupção passiva, associação criminosa, tráfico de influência e falsidade ideológica. As informações são do Correio 24 Horas.
MATÉRIA RELACIONADA
PRESO PELA PF - Bramont entra com pedido de habeas corpus no STJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments