CONQUISTA - Situação de detentas do Nilton Gonçalves é levada à Comissão de Direitos Humanos da Câmara

Representantes do Conselho Penal reuniram-se na tarde desta quarta-feira (06) com a presidente da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Defesa da Mulher da Câmara de Vereadores, Lúcia Rocha, para solicitar da Casa uma Audiência Pública para debater a grave situação em que se encontram as detentas do Presídio Nilton Gonçalves. 

Segundo Marcos Rocha, do Conselho Penal, após presenciar as péssimas condições em que se encontram as mulheres no presídio Nilton Gonçalves, a Corregedora-Geral recomendou a transferência das presidiárias de Conquista para o conjunto penal de Jequié. As informações são de Caíque Santos. 
A decisão é polêmica, uma vez que este também não apresenta condições dignas para recebê-las. No mês passado, a Polícia identificou nas dependências do presídio de Jequié a pratica ilícita de prostituição de mulheres presas, além de tráfico de drogas, bem como torturas e castigos desumanos no modulo de vivência semi aberto 1, ala feminina. 
“Vitória da Conquista tem dois presídios e um número não tão alto de detentas, não tem lógica essa transferência, até porque isso causa uma total desestrutura para as famílias das mulheres presas”, diz Marcos Rocha.
O psicólogo do Conselho Penal, Ronaldo Novaes, detalhou diversas ocorrências dentro do presídio que demonstram a necessidade de ações pontuais e urgentes.
Para a vereadora Lúcia Rocha é preciso provocar o debate e apurar todas as denúncias que envolvam o desrespeito aos Direitos Humanos e à dignidade das mulheres. A parlamentar disse que encaminhará a proposta da Audiência Pública aos demais parlamentares e uma data deve ser anunciada. (Blog do Caíque Santos)

PUBLICIDADE

Sudoeste Digital | Saia Rodada