GUERRA URBANA - Polícia Civil elucida crime e identifica nova facção em Conquista; conheça o Bonde do Micael

                    
Uma postagem em vídeo nas redes sociais, ameaçando facção rival, foi o motivo da morte de Luís André Souza Santos, 19 anos.

Ele foi assassinado a tiros de pistolas ponto 40 (de uso restrito das forças policiais), ao meio-dia desa quarta-feira (20), numa rua do Bairro Nova Esperança, em Vitória da Conquista a mando do líder de uma nova facção da cidade.

O crime foi elucidado pela polícia civil após a prisão em flagrante de Jefferson Santos Costa, 20 anos (foto), e da apreensão de um adolescente de 17 anos. Em depoimento na Delegacia de Homicídios, a dupla confessou participação no crime e apontou outros dois comparsas.

Seriam outro jovem de 17 anos e um tal "Maciel", líder da facção Bonde do Maciel, organização criminosa dissidente da TD2 e que passou a comandar o tráfico de drogas na região onde o crime ocorreu.

Eles estão foragidos e procurados pelas polícias civil e militar. Além dessa facção, as com maior atuação em Conquista são as seguintes: TD2, TD3, BDN, BNB, K9.

Consta em depoimento que o homicídio a sangue-frio foi realmente motivado por uma postagem da vítima " ameaçando matar integrantes de uma facção criminosa rival, a qual pertencem os investigados.

Jefferson foi indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, associação ao tráfico e associação criminosa armada e o adolescente, por sua vez, por atos infracionais análogos a esses crimes. Esse foi o homicídio de número 105 na cidade este ano.

Em nota a Delegacia de Homicídios enfatiza que conta com apoio da população de Vitória da Conquista para localizar o adolescente foragido, muito conhecido dos moradores do bairro Nova Esperança, e para identificar Maciel, apontado como chefe do tráfico.

Delegacia de Homicídios: (77) 3425 - 8372 ou (77) 98104 - 1010 (celular ou zap)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments