ITAPETINGA - Pedra fundamental marca início da construção da sede da OAB

09

A advocacia da cidade de Itapetinga, sudoeste da Bahia, viveu um dia histórico nessa terça-feira (19), com o lançamento, pelo presidente Luiz Viana Queiroz, da pedra fundamental no terreno onde será construída a sede própria da subseção.


A área foi doada a OAB-BA pela prefeitura, com aprovação unânime da Câmara de Vereadores do município. A obra deverá ser entregue nos próximo seis meses.

Participaram da cerimônia o presidente Luiz Viana, a tesoureira, Daniela Borges, o secretário-geral, Carlos Medauar, a conselheira federal Ilana Campos, a conselheira seccional Betha Nova, o presidente da subseção de Itapetinga, Fabrício Moreira, e toda a sua diretoria – a vice-presidente Liliane Oliveira, a secretária-geral Lediany Brito, a secretária-geral adjunta Camila Ribeiro Fernandes e a tesoureira Suzanne Barros Silva – além dos presidentes das subseções de Vitória da Conquista, Ubirajara Ávila, e Ibicaraí, Antônio Campos, e do prefeito de Itapetinga Rodrigo Hagge.

“Hoje é um dia para agradecer ao prefeito, aos vereadores, mas, sobretudo aos colegas advogados e advogadas liderados por Fabrício Moreira, um líder extraordinário que acorda e dorme pensando na classe e na OAB. Esse projeto é uma conquista de todos os colegas sob a liderança de Fabrício Moreira”, afirmou Luiz Viana.

O presidente seccional desejou que a Casa das Liberdade de Itapetinga seja mais um ponto a ecoar a voz constitucional do cidadão. “Já construímos cinco sedes novas, reformamos outras 18 e vamos chegar ao final da gestão com 75 salas de advogados reformadas em todo o estado”, informou.

Luiz Viana ressaltou que a construção de imóveis não é a principal bandeira da gestão. “Gostaria mesmo é que tivéssemos juízes nas comarcas, que o Judiciário baiano não fosse tão ineficiente no 1º grau e que as sedes da OAB servissem para que nós pudéssemos ter uma prestação jurisdicional digna, como merecemos. Mas haveremos de ter essas conquistas também, porque não há mal que sempre perdure”, concluiu.

Imensamente agradecido, o presidente Fabrício Moreira destacou o bom momento que vive a advocacia do interior baiano. “Na atual gestão, todos tiveram, têm e terão vez. A construção dessa sede não é um sonho meu e sim de toda a advocacia da região. Foi muito trabalho, mas nós conseguimos”, disse.

Segundo Fabrício Moreira, essa edificação é um símbolo do processo de valorização do interior baiano, iniciado em 2013. “Estamos sempre buscando reconhecimento para a advocacia. Não se trata de questões pessoais e sim de um projeto de toda a classe. Não estamos reverenciando A, B ou C e sim a interiorização da OAB na Bahia”.

O advogado e prefeito de Itapetinga, Rodrigo Hagge, que viabilizou a doação do terreno, agradeceu o empenho de todos os envolvidos no projeto e o fato de ter advogados e advogadas comprometidos com o desenvolvimento da cidade. “Me sinto honrado em estar prefeito e ter representantes de classe não apenas como amigos, mas também como parceiros de trabalho. Nós temos hoje em Itapetinga colegas de bem que pensam no bem estar da nossa cidade”.

Com mais de 50 anos de profissão, o advogado Laercio Alves Sobrinho conta que mais importante do que a construção da sede é a classe reconhecer o empenho da atual Diretoria em relação a advocacia de Itapetinga. “Os advogados de Itapetinga têm esse compromisso de valorizar esta sede como forma de retribuir o trabalho do Dr. Luiz Viana e toda a sua equipe. Esta Casa será um marco na história da OAB aqui”, afirmou.

O secretário-geral, Carlos Medauar, ressaltou que a presença de uma sede digna é fundamental para o bom exercício da advocacia, principalmente para aqueles profissionais que estão iniciando. “A subseção serve como porto para o jovem advogado, porque aqui ele tem o apoio necessário para começar uma carreira, e também atende ao advogado mais experiente, que aqui aprende sobre o processo eletrônico, por exemplo”.

Histórias

A cerimônia de lançamento da pedra fundamental contou com as presenças de filhos ilustres de Itapetinga que hoje se dedicam à luta por uma OAB mais forte. “Quis o destino que eu retornasse à Itapetinga nesse momento. Morei aqui até os 15 anos e é uma emoção indescritível ver esse sonho se tornar realidade. Essa cidade faz parte da minha história e ela vai comigo para onde eu vou”, disse a tesoureira Daniela Borges.

Ela destacou a importância de lembrar daqueles advogados e advogadas que lutaram pela valorização da classe. “É sempre bom pensarmos em todos os colegas que deram a sua contribuição para vivermos esse momento. Eu desejo que essa pedra fundamental seja o começo de muitas outras realizações que fortalecerão a advocacia”.

Ilana Campos, que também nasceu em Itapetinga, se disse bastante honrada de poder vivenciar esta celebração. “Há anos que vivemos uma luta muito grande para trazer essa realidade para Itapetinga e, enfim, nós conseguimos. Eu quero voltar aqui para a inauguração da sede”, afirmou.

Para a conselheira seccional Betha Nova, a materialização deste sonho é uma das vitórias da luta em prol da advocacia do interior que, desde muito cedo, ela presencia. “Saí de Itapetinga menina, mas já vivenciando em casa a rotina da advocacia. Estamos num momento de mudança, crescimento e solidificação da classe no interior. Meu desejo é que esta sede seja o início de um ciclo mais próspero para a classe e que a gente consiga trazer pro dia a dia dos advogados e advogadas o que a OAB pretende dar a cada um dos seus associados”.

Comments