MISTÉRIO - Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bom Jesus da Lapa está desaparecido há quatro dias

sindicato
Após quatro dias do desaparecimento do Presidente dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais(STTR) de Bom Jesus da Lapa,  Eduardo Pereira dos Santos, de 64 anos (ao microfone), a Polícia Civil afirma que não há maiores informações sobre o caso.


Ele foi visto pela última vez na manhã de quinta-feira (18), por um moto-taxista, na Avenida Manoel Novaes. As informações são do Portal BJL Notícias.

Evidências preliminares das câmaras de vigilância mostram que o presidente saiu falando ao telefone e seguiu sentido da rotatória, rumo o Posto Gruta. No entanto, não se sabe qual direção ele seguiu depois.

Inicialmente se pensou que ele teria ido para a zona rural, para a casa da esposa no Rio das Rãs, ou para o município de Sítio do Mato visitar a filha.

No entanto, essa possibilidade foi descartada, pois, os familiares e amigos também não tinha notícias, e a bolsa que Eduardo usa para viajar estava no Sindicado, local que ele fica quando está na cidade.

A família afirma ainda, que o Presidente do STTR  é uma pessoa tranquila e não tem problema com ninguém.  E  uma das únicas preocupações no momento, é para mudar logo o endereço do STTR, e agilizar os encaminhamentos dos associados, que dependem desse processo.

Amigos tiveram acesso às câmeras de vigilância da rua para ver se teriam   informações sobre o desaparecimento, no entanto, as imagens não ajudaram, em função das árvores que estava na frente das câmaras.

Como Eduardo estava sobre tratamento de saúde que exige o uso de remédios contra a pressão, o caso se torna ainda mais delicado. O Departamento da Polícia Civil da 24ª Coorpin de Bom Jesus da Lapa investiga o o caso.

Os números (77) 3481- 2806/99932-5817/999325817 ou 999124474 foram disponibilizado para alguém que tiver informações sobre Eduardo possa firmar os amigos e a família.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments