VENDA FURADA - PF de Conquista apreende notebooks do TRE roubado por técnico de informática; outros 4 equipamentos continuam desaparecidos

Dois dos cinco notebooks foram resgatados nesta sexta-feira - Foto: Divulgação - PRF BA
Uma operação da Polícia Federal (PF) em Vitória da Conquista, a 509 km de Salvador, resultou na apreensão de dois notebooks, de um total de cinco equipamentos roubados por um técnico de informática do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). 


O homem, cujo nome não foi divulgado, trabalhou na desmontagem do posto de atendimento do TRE, no Centro Cultural Gláuber Rocha, nesta cidade. A Operação Venda Furada foi realizada na manhã desta sexta-feira (29). 
Segundo a PF, após a desmobilização do posto de atendimento do TRE, foi detectado o desaparecimento de pelo menos cinco notebooks e de um equipamento denominado “Print Server” (servidor de impressão). Os bens estavam desaparecidos desde maio deste ano.
Tendo em vista que o investigado estava expondo à venda um dos notebooks subtraídos e considerando que os bens desapareceram desde o mês de maio de 2018, a Polícia Federal faz um apelo à população conquistense para que, caso alguém tenha adquirido algum notebook com a etiqueta de tombo “TRE” ou com o adesivo “CBTEC”, que o entregue na Polícia Federal, pois a devolução espontânea do bem afasta a responsabilização pelo crime de receptação qualificada.
Na ação, a Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão expedido pelo juiz da 2ª Vara Federal da Subseção Judiciaria de Vitória da Conquista na residência do técnico de informática. A PF localizou e apreendeu dois dos notebooks até então desaparecidos.

Foi apurado pela Polícia Federal que o investigado já estava anunciando pelo menos um dos notebooks à venda pela internet, em uma página de uma rede social. O nome da Operação remete à venda de um bem que não poderia ser comercializado, pois pertence ao patrimônio do Tribunal Regional Eleitoral.

O técnico de informática investigado não foi preso, mas foi indiciado pela prática dos crimes de peculato e receptação qualificada. Ainda não há informações sobre possível exoneração. (Com informações da PF e redação de Notícias da Polícia Federal (Celino Souza)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments