CONQUISTA - TV UESB passa a operar com sinal digital

A comunicação da Uesb deu um grande passo no Sistema Uesb de Rádio e Televisão Educativas (Surte). Desde quarta-feira, 18, a TV Uesb passou a operar em SD Digital, medida que amplia a qualidade do sinal de transmissão ao mesmo tempo em que cumpre a legislação exigida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), liberando a frequência analógica para o órgão.
Durante os próximos 90 dias, a emissora entra em caráter experimental, aumentando progressivamente a potência do sinal até atingir 1.250 watts. Agora, o Surte conta também com um gerador próprio na torre de transmissão, que garante uma maior estabilidade na manutenção da TV Uesb e Uesb FM no ar. Para ter acesso à programação da TV Uesb em sinal digital, é necessário ter o conversor instalado em sua televisão e ressincronizar no canal 4.1.

“Com a digitalização da TV, o conteúdo produzido chegará a mais pessoas com maior qualidade. A Universidade, enquanto instituição pública, tem um compromisso social muito grande. É uma preocupação nossa oferecer serviços de qualidade para a população, não só em extensão, mas também no ensino e na pesquisa”, defende a professora Gleidi Magali Lemos, pró-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários.

Maior cobertura – Uma área de alcance maior será contemplada com a digitalização. Por conta do novo transmissor e do novo posicionamento da torre de transmissão, o sinal da TV Uesb chegará a um raio de 100 quilômetros contados a partir de Vitória da Conquista. Isso significa que, gradativamente, municípios como Poções, Planalto, Aracatu, Barra do Choça, Tremendal, Belo Campo, entre outros serão contemplados com a programação da emissora. Outra conquista da digitalização é a ampliação da cobertura da Uesb FM, que será a emissora de rádio da região Sudoeste com maior alcance.

“Isso representa a possibilidade de a comunidade ter ainda mais acesso a outras fontes de informação. Temos consciência do papel que temos a cumprir, de formar a comunidade. Isso amplia o nosso compromisso e o nosso esforço para atender bem o nosso público”, avalia Rubens Sampaio, assessor geral de Comunicação da Uesb.

 A segunda etapa da digitalização será operar em Full HD. Para esse processo, haverá um investimento na estrutura interna da emissora, com melhoria nas ilhas de edição, estúdio e câmeras, por exemplo. A previsão é que essa etapa seja finalizada até dezembro deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments