PRE - PM é presa após tentar agredir e ameaçar seu próprio comandante na Bahia


Uma cabo da Polícia Militar que não teve a identidade revelada foi presa após tentar agredir o seu comandante dentro de um batalhão. O caso aconteceu na Companhia Independente de Policiamento Rodoviário (CIPRv) de Itabuna, a 435 km de Salvador.
Tudo foi registrado na segunda-feira (16/7), mas veio a público nesta quarta (18/7).

Por meio de nota, a PM não deu detalhes da ação, mas informou que a policial tentou atacar o comandante da unidade, major Edson Ferreira de Brito Júnior, durante uma audiência interna para tratar de assuntos referentes ao serviço. A cabo foi contida pelo subcomandante, capitão Hosannah Santos Rocha, e acabou sendo presa.


A corporação não confirma, mas fontes ligadas ao Aratu Online relataram que a policial chegou a pegar o próprio revólver para ameaçar o major. A Polícia Militar relatou ainda que “empreende esforços para prestar auxílio psicológico e psiquiátrico” à militar, que está presa no 12º Batalhão da PM (BPM/Camaçari).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments