ROLETA RUSSA - Prefeitura lacra 45 ônibus da Viação Vitória; frota sucateada ameaça passageiros e pedestres


Fiscais da Prefeitura de Vitória da Conquista, ligados à Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), lacraram 45 ônibus da Viação Vitória na manhã desta terça-feira (17), 24 horas após um dos veículos da empresa ter se envolvido em um acidente de grandes proporções no Bairro Alto Maron, zona leste da cidade. A contagem continua em atualização e, provavelmente, toda frota de 80 ônibus deverá ser lacrada até o final do dia.
Em editorial nessa segunda-feira (16), o Sudoeste Digital já chamava à atenção para a cumplicidade e prevaricação da Prefeitura para com a Viação Vitória, o que poderia resultar em mais acidentes, com riscos de lesões graves e até mortes. Com o título Uma "brincadeira mortal" imposta aos passageiros do transporte público o artigo alcançou recorde em acessos e comentários, a maioria criticando a omissão da Prefeitura. LEIA O NOSSO EDITORIAL

A intervenção na frota da Viação Vitória expõe a gravidade do problema pelo qual a empresa passa. Com mais de 90% dos veículos sem manutenção preventiva, em processo de pré-falência, sucessivos atrasos salariais e dívidas que, somente com o município, ultrapassam R$37 milhões, ainda assim a Vitória continua dando as cartas no transporte público.

Diante da interdição, somente os ônibus da Viação Cidade Verde continuam circulando normalmente. A empresa atua em itinerários programados, conforme licitação. Com a lacuna deixada pela Vitória, a Prefeitura não buscou alternativa, como a solicitação à direção da Cidade Verdade para cobrir as linhas da Vitória.

Em meio ao caos, mais de 600 veículos clandestinos, entre vans e carros de passeio, invadem os itinerários descobertos pela Vitória e até os regulares, transportando ilegalmente centenas de pessoas. Em descumprimento á recomendação da promotora de Justiça, Lucimeire Carvalho, a Prefeitura ainda não procedeu a fiscalização e apreensão desses veículos.

Sobre o fato que motivou a interdição nos veículos da empresa, deixando mais de 60 mil usuários sem transporte em diversos itinerários, numa fria e chuvosa manhã desta terça-feira, o titular da Semob, Ivan Cordeiro, declarou que a operação visa garantir a segurança dos passageiros. "A fiscalização continua durante todo o dia", completou.

O incidente no Alto Maron ocorreu domingo, quando o ônibus que faz a linha para o bairro desceu de ré, atingiu um carro de passeio e só parou após bater em outro ônibus da mesma empresa. A Viação Vitória ainda não se posicionou sobre a interdição da frota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments