SUCATAS SOBRE RODAS - Novo Horizonte na mira do Ministério Público; promotora relata transporte de pessoas em ônibus precários e inseguros

Ônibus da empresa novo horizonte solta pneus na cidade poções –BA

O Ministério Público Estadual acusou a empresa de transporte rodoviário Viação Novo Horizonte de prestar serviço precário, inadequado e inseguro, contrariando o Código de Defesa do Consumidor.  Nesta segunda-feira (9), por exemplo, um ônibus da empresa que fazia a rota Poções X Vitória da Conquista, soltou dois pneus traseiros. O incidente ocorreu em Poções, na avenida Peixoto Jr. e deixou vários passageiros assustados, Felizmente não houve vítimas.

Segundo o MP, o órgão propôs, em janeiro, a adoção de medidas em Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), mas a empresa não respondeu sobre a proposta.

Na ação, a promotora de Justiça Joseane Suzart relata que "a concessionária disponibiliza aos usuários ônibus em condições precárias de higiene e segurança, que apresentam problemas mecânicos, não cumprem os itinerários, possuem horários imprevisíveis de saída e chegada e que frequentemente atrasam".

De acordo com o MP, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) informou que as infrações ocorrem desde 2012, com aplicação de multas à empresa.

A promotora pede que a Justiça conceda decisão liminar para determinar à Viação Novo Horizonte a adoção de uma série de medidas que garantam a prestação de serviço seguro e de qualidade aos passageiros.

Para isso, Joseane solicita a retirada de circulação os veículos reprovados em vistorias ou com vistorias vencidas; ônibus em perfeitas condições mecânicas, limpos, que contenham os equipamentos exigidos de segurança, como extintor de incêndio, e o número de inscrição na Agerba em lugar visível ao usuário. A ação decorre de inquérito civil instaurado em julho do ano passado.

PROBLEMAS RECORRENTES

Em 2016 um ônibus da empresa Novo Horizonte foi impedido de concluir a linha Guanambi-Salvador quando um juiz viajava na condição de passageiro e se revoltou com as condições do veículo.

O titular da comarca de Caetité, Eduardo das Neves Brito, teria notado que o ônibus não apresentava condições de seguir o trajeto, pois estaria com defeito no sistema de injeção eletrônica, combustível cortando, o que colocaria os passageiros em risco. O veículo foi substituído na cidade de Brumado depois que a Polícia Militar foi acionada e algumas ligações realizadas.

A falta de comprometimento, principalmente com o horário das saídas e chegadas dos ônibus da Viação Novo Horizonte, vem produzindo um clima de revolta e indignação nos passageiros há anos, os quais, por não terem outra opção, são obrigados a ficarem reféns de um sistema que, cada vez mais, se mostra desatualizado e obsoleto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments