AUDIÊNCIA PÚBLICA - Vereadores discutem crise do transporte coletivo em Conquista

Imagem AUDIÊNCIA PÚBLICA: Vereadores discutem crise do transporte coletivo
Uma discussão sobre o Transporte Coletivo de Vitória da Conquista, ocorrida em audiência pública sugerida pelo vereador Valdemir Dias (PT) e realizada pela Câmara Municipal, marcou a quinta-feira (23), culminando na defesa da instauração de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar o caos no sistema de transporte coletivo da cidade.

Durante a discussão os vereadores apontaram a necessidade de que providências sejam tomadas a fim de solucionar a crise que a cidade enfrenta com o transporte. “O momento é lamentável. Temos um gestor público que não condiz com a realidade de nosso município”, disse a vereadora Nildma Ribeiro (PCdoB) sobre a crise que a população de Vitória da Conquista enfrenta no transporte coletivo.

Ela apontou que os trabalhadores da Viação Vitória foram abandonados e cobrou a presença do Poder Executivo e também do Ministério Público. “Trabalhadores foram abandonados. Nós temos acompanhado. Por duas vezes solicitamos a presença do poder Executivo e em nenhum momento compareceram. É desrespeitoso”, disse. “Esse desgoverno não pode permanecer”, concluiu.

Para Nildma, o Governo tem se mostrado incompetente em vários setores da administração municipal. “Temos que lamentar e usar o nosso título eleitoral. Infelizmente os moradores de Vitória da Conquista estão pagando pelo erro de colocar na Prefeitura uma pessoa que não respeita a população”, completou.

Por sua vez, o vereador Cícero Custódio (PSL) contou sobre sua atuação e dos demais colegas, desde a gestão passada, a respeito do transporte público. “Sempre estávamos debatendo, falando do problema que estava acontecendo, e ele continuou”, disse. Ele mostrou-se preocupado com a situação dos 517 funcionários da Viação Vitória que estão com salários atrasados, e agora desempregados, e se colocou à disposição para ajudar. “Esse tem que ser o compromisso dos vereadores. Fomos eleitos pelo povo”.

Já o vereador Adinilson Pereira (PSB) destacou que o transporte público de Vitória da Conquista tem enfrentado dificuldades há muito tempo. “Esse é um problema que tenho visto desde o meu primeiro mandato”, disse ele. “Cadê o Ministério Público? Cadê os representantes do Executivo? Cadê esse povo?”, questionou cobrando que eles também busquem soluções para a crise.

“Se tiver a necessidade de uma CPI eu voto a favor”, interveio o vereador Jorge Bezerra (SD). Ele pontua que o problema da Viação Vitória e da Cidade Verde não é de agora, e se for necessário ele votará a favor da CPI do transporte público. “É necessário que se esclareça esses fato. Não podemos permitir que essa empresa vá embora e dê o calote nesses funcionários”, completou.

Para o vereador Fernando Jacaré (PT), o momento crítico do transporte coletivo da cidade exige bastante responsabilidade. “Momento exige muita responsabilidade”, disse. Jacaré lamentou também a ausência de representantes do Governo Municipal. “A falta de um representante do município é lamentável, não faz sentido”, disse ele, que cobrou também a presença e atenção do Ministério Público.

Ele apontou que a crise envolve problemas graves. “Nós temos o problema do transporte alternativo, que é grave, a questão dos transportes por aplicativo, e o problema que é urgente, é grave, da Viação Vitória”, elencou Jacaré.

Incompetência administrativa. É o que observou a vereadora Viviane Sampaio (PT) no problema do transporte público. Ela lembrou que o problema do transporte público em Conquista "realmente não é atual", mas "a instauração do caos é sim um problema da incompetência administrativa de Herzem Gusmão”.

“E não foi por falta de aviso dessa casa. Diariamente, no uso da tribuna, foi dito sobre o problema do transporte coletivo e da necessidade de legalização do transporte alternativo”, continuou. Ela lamentou a ausência de representantes do poder executivo. “O prefeito mesmo não tem mais coragem de vir nessa casa”, disparou. “Cadê o prefeito do povo, que abriria a prefeitura?”, questionou.

Viviane afirmou, também, que a gestão anterior deixou um processo administrativo concluso indicando o problema de caducidade da Viação Vitória, e indicando que o novo gestor abrisse um processo licitatório para contratação de uma nova empresa. “Mas o prefeito preferiu fazer um TAC com a Vitória. E hoje estamos nesse caos”, disse.

A vereadora ainda finalizou enviando um recado a Herzem: “Que ele assuma, depois de dois anos, as rédeas dessa cidade, a governabilidade de Conquista. Ou declare sua incompetência administrativa e tome as providências para deixar o cargo livre pra quem de fato tem competência”, finalizou.

Por fim, o vereador Professor Cori (PT) apontou que o momento é crítico e o sistema de transporte coletivo “caminha para o caos”. Para ele, a permissividade do Governo Municipal com o transporte por vans, que não é regulamentado, provocou o agravamento da crise no transporte coletivo.

Cori destacou que a Viação Vitória descumpre uma série de exigências presentes no contrato, bem como deixou de pagar impostos, além de FGTS, INSS e contribuições sindicais dos trabalhadores, cujos descontos foram feitos em seus salários. Ainda em seu pronunciamento, o parlamentar cobrou do Ministério Público uma resposta para os questionamentos que já foram apresentados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments