CASO JÉSSICA - Sessão mista na Câmara relembra vítima de feminicídio em Conquista

A Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista realizou nesta sexta-feira (17)uma sessão mista em comemoração aos 12 anos da Lei Maria da Penha. A sessão foi marcada por emoção em alguns momentos, como durante a fala de Elma Augusto da Silva, tia de Jéssica, jovem morta há pouco mais de dois anos por Américo Vinhas, atualmente foragido. RELEMBRE O CASO

Em abril de 2016, numa crise de fúria, ele atacou brutalmente Jéssica Nascimento, 21 anos, grávida de 4 meses. Américo chegou a ser detido no dia do crime, mas pagou fiança e foi liberado. 

A autora da proposta da sessão, vereadora Nildma Ribeiro, disse que foi cumprida a proposta de mobilizar a sociedade conquistense sobre o cenário de violências à mulher e o número de feminicídio crescentes.

Além de Elma, foram convidadas a compor a mesa a coordenadora do CRAV, Dayane Eveline Andrade; Lídia Rodrigues, da União Brasileira de Mulheres; Arlene Santos Ribeiro, do Conselho Municipal de Mulheres; capitã PM Débora Brito Nascimento, da Ronda Maria da Penha;  Flávia Reis, da Secretaria Estadual de Política para Mulheres; delegada de polícia civil Decimária Gonçalves e Jeanne Meira Braga, da Defensoria Pública.

Comments