DENUNCIE - Conheça Diego Campos, o "Kiko" da facção K-9; traficante de Conquista é o 4 de Copas no baralho do crime



Apontado pela polícia como um dos mais audaciosos e perigosos traficantes da Bahia, Diogo Oliveira Campos, vulgo ‘Kiko’, acaba de integrar o ‘baralho do crime’ baiano. O bandido, que também responde por homicídios, é o 4 de Copas.

Conheça a trajetória do líder da Facção K-9, que de espécie de "sucursal" do Bonde do Neguinho (BDN), que na verdade tem como chefe maior Jesiane Silva Teixeira, a "Dona Maria", a Dama de Copas do "baralho", passou a rivalizar com a ex-patroa.




Além de "Dona Maria", também de Vitória da Conquista, outro bandido local que integra o baralho é Juarez Vicente Morais, vulgo ‘Neguinho’, braço direito de 'Dona Maria" e que foi posto em liberdade após suposta falha no sistema do Judiciário.


Outro conquistense na mira da polícia e que também fez parte do baralho é o traficante  e homicida Willians Alves de Sousa Filho, o ‘Nem Bomba’. De acordo com a polícia, ele deve retornar ao sistema do qual fez parte, mas foi retirado das cartas após ser inocentado em um julgamento. Posto em liberdade, voltou a traficar e ordenar a mortes de rivais, além de responder a outros processos.



De matador de aluguel a traficante procurado em Conquista; conheça a história de Kiko, da facção K-2


Diogo-Oliveira-Campos-400x260Diogo Oliveira Campos, 26 anos, o Kiko. Este é o nome seguido do apelido do bandido que, segundo a polícia de Vitória da Conquista, responde por mais de 15 homicídios na cidade nos últimos três anos.

Ele esteve preso, ganhou direito a condicional e não retornou ao presídio. Foragido desde 4 de outubro de 2015, quando tentou matar policias militares em ronda, o bandido continua atuando, comandando o tráfico de drogas e liderando a facção K-2, numa alusão à inicial do seu vulgo e ao Tudo 2.
A expressão “Tudo 2”significa tudo CP (Comando da Paz), que atua em Salvador. O número 2 faz referência à quantidade de letras da sigla. 
Quando do atentado contra os policiais, ele estava em companhia de um comparsa - identificado como Rodrigo - que fugiu. Os dois estavam numa moto no bairro Miro Cairo, próximo ao conjunto Acácia e atiraram em direção à viatura. Diogo foi capturado com um revólver calibre 38. Dias depois já estava livre.

       SICÁRIO DO TRÁFICO

De sicário (matador de aluguel) a serviço do Bonde do Neguinho (BDN), facção criminosa liderada pelo traficante e homicida Juarez Vicente Morais, vulgo Neguinho Juarez, Kiko passou a chefe do tráfico, rivalizando com ele e com a ex-patroa "Dona Maria". 

Com isso ele instaurou a facção K-2 e passou a disputar os pontos de tráfico com o BDN e com o BNB, facção do traficante e homicida William de Sousa Filho, vulgo Nem Bomba. (Colaborou Jussara Novaes)

Comments