DESEMPREGO - Fábrica de calçados demite 210 dos 300 funcionário em Itapetinga


No final da tarde desta quarta-feira (1), a redação do Sudoeste Hoje foi informada, por fonte fidedigna, que a indústria de Calçados Renata Mello deu aviso prévio a cerca de 210 funcionários da sua fábrica em Itapetinga e 30 da filial de Iguaí, alegando dificuldades de mercado e a crise econômica.


Se as demissões forem mesmo consumadas, a política de geração de empregos do Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômica, será colocada em cheque, derrubando por terra as promessas do governador Rui Costa de reerguer a economia do Médio Sudoeste, ainda abalada pelas mais de 18 mil demissões da Azaléia, que devastou a região.

O blog foi informado ainda que a Vulcabras/Azaleia demitiu cerca de 100 colaboradores, nos meses de junho e julho, outro fator preocupante para a economia de Itapetinga e região. O Editor o Sudoeste Hoje entrou em contato com o prefeito Rodrigo Hagge (MDB), que deverá entrar em contato com a direção da Renata Melo, visando reverter as demissões. A fábrica da Renata Mello em Itapetinga conta hoje com cerca de 300 funcionários. (Davi Ferraz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments