Comunicado Toyota Diamantina

(EDITORIAL) TRANSPORTE PÚBLICO - Passageiros em sofrimento e ainda forçados a escutar "mimimi" de sindicalista

Resultado de imagem para alvaro souza SINTRAVC
Álvaro Souza, presidente do Sindicato dos Rodoviários, é o exemplo de um piada de mau gosto. Não vivendo seus melhores  dias, neste caos no transporte público. Sistema que ele próprio ajudou a falir ao fazer campanha aberta defendendo a clandestinidade que dilapidou transporte público.


Depois de proferir e profetizar uma série de baboseiras - que em nada agregou aos rodoviários que ele representa - ao contrário de buscar solução, transformou  sua categoria de profissionais em pedintes.

Outra vez, Álvaro, ao contrário de buscar solução para as centenas de famílias, prefere o subterfúgio para se esconder atrás da cortina de fumaça e não encarar a triste e irresponsável situação em que ele mesmo meteu os rodoviários.

Em outra fase de mau gosto, ele agora vem se metendo em teses jurídicas - assunto que não domina e nada conhece, falando do conceito monopólio no sistema de ônibus. Chega a ser ridículo a Vitória da Conquista ter que se sujeitar a tal situação. RELEMBRE AQUI

O presidente do sindicato brincava de demonstração de poder, impondo aos milhares de passageiros e à economia local suas greves que, em absolutamente nada somaram aos funcionários dos ônibus. 

Ao contrário, perdeu prêmios de férias e plano de saúde, sem falar no intervalo que ele impôs à categoria por caprichos em perseguir uma das concessionárias de ônibus. Se as greves de Álvaro Souza tinham alguma função,  foram somente para o seu deleite.

Venhamos e convenhamos. Metade da cidade passando por uma grave crise no transporte público e ele tentando impor sua ideologia sem lógica, de tratar de monopólio. Vem, assim, outra vez, atacar justamente a empresa que, bem ou mal, é aquela que sai em socorro do povo de Vitória da Conquista.

Passou da hora de o governo municipal bater firme na mesa e mostrar que quem controla o sistema é o Poder Público e não um mero sindicalista. A gente vai continuar cobrando isso, defendendo o mister jornalístico que é se posicionar exclusivamente em favor do povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments

PUBLICIDADE