ESPAÇO DO LEITOR | CENTRO GLAUBER ROCHA – Educação e Cultura

Imagem Blitz Conquista/20.8.18
Segundo relatos que tive acesso, no início da década de 1950 o município de Vitória da Conquista doou ao governo federal um terreno à margem da Br -116 (Rio-Bahia) para a construção da sede regional do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem – DNER-, atual DNIT. Por esse motivo, o bairro onde se localizava o terreno doado ficou sendo designado de Departamento, que é o atual Bairro Brasil, onde moro.

Com a desativação de grande parte das atividades que ali eram realizadas pelo DNER, a prefeitura municipal, nas gestões do governo do Partido dos Trabalhadores, reivindicou à Secretaria Nacional do Patrimônio da União, durante o Governo Lula, a reincorporação daquele espaço ao patrimônio do município.
Na última gestão do prefeito Guilherme Menezes concretizou-se o retorno de parte daquela área, cerca de 25 mil m², ao município, onde foi construído o Centro Glauber Rocha, com recursos próprios do governo municipal, e com os seguintes equipamentos:

1 - Área de eventos, com palco, camarins,praça de alimentação, instalações sanitárias e espaço para comportar um público superior a 30 mil pessoas, como aconteceu por ocasião das festividades do São João e, principalmente, do Natal no ano de 2016. Vale lembrar que a Praça Barão do Rio Branco não cabia mais tanta gente que ia participar desses inesquecíveis eventos com Milton Nascimento, Cidade Negra, Nando Reis, Teatro Mágico, Gal Costa, Lenine e tantas outras atrações.
No Glauber Rocha, além da ampliação imensa do espaço, ações de segurança foram reforçadas pelo governo municipal, com o apoio da polícia militar e do corpo de bombeiros, além de detectores de metal e vídeo-monitoramento, para que a população pudesse desfrutar desses momentos festivos com a tranquilidade necessária. E eu sempre estava lá com toda minha família;
2 – Mercado de artesanato;
3 – Casa da Capoeira, para a preservação dessa cultura por seus mestres e alunos, com a presença de luthier (fabricante e reparador) de instrumentos de percussão e berimbau;
4 – Luthieria de instrumentos de cordas
5 – Planetário Municipal - com todos equipamentos comprados e pagos pela gestão anterior, necessitando ser instalados – como apoio qualificado à educação da rede municipal, à formação pedagógica e à cultura, contando, também, com espeço para exposições de arte e reuniões;
6 – Conservatório Municipal - aulas de piano, violão clássico e popular, viola, flauta e saxofone, canto coral infantil e adulto, teoria musical e iniciação à composição, além de auditório para concertos e apresentação dos alunos, dotado, inclusive, com piano de cauda. Eram 11 professores e cerca de 750 alunos, em três turnos, no governo anterior. Hoje, restam apenas 7 professores, com a consequente e lamentável redução de alunos;
7 – Há, também, ali, espaço reservado para a construção da Casa da Filarmônica.
Assim, como filha e moradora desta cidade, nascida no Bairro Brasil, fico triste em ver o descaso com que tem sido tratado aquele espaço.
Sei que Vitória da Conquista precisa de áreas de estacionamento de veículos, como praticamente todas as cidades deste porte, mas o Centro Glauber Rocha não foi construído com essa finalidade. É necessário que a atual gestão municipal preserve e amplie as obras e ações que ali foram deixadas pelo governo anterior porque o Centro Glauber Rocha pertence à cidade com todos os segmentos de sua população.
Bruna Nogueira, historiadora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments