NOTÍCIAS DO MANDATO - Professor Cori pede debate sobre fechamento das escolas da zona rural

Imagem Professor Cori pede debate sobre fechamento das escolas da zona rural

Na sessão ordinária desta quarta-feira, 29, da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), o vereador Coriolano Moraes (PT) falou sobre o fechamento de cerca de 9 escolas, via decreto do poder executivo municipal. Além de solicitar esclarecimento, ele pede que o debate não seja feito com viés político partidário.


Cori defende que seja realizada reuniões com a Secretaria e com o Conselho de Educação. “É preciso entender o processo. Saber se houve divergência administrativa”, pontuou. “É com muita tranquilidade que faço esse debate. Quando fui secretário de educação, não fechamos nenhuma escola. Ao contrário, ampliamos e reforçamos”, contou.

Na oportunidade, Cori contou que esteve na inauguração da Creche Municipal Pedro Emílio da Silva Passos, no bairro Patagônia, e que a postura do prefeito Herzem Gusmão lhe causou interrogações. “Ele tinha que ter uma fala positiva sobre a creche. E foi lá falar do IDEB.

Nós conseguimos transformar o IDEB para 3,4. E há críticas sobre como é feita essa avaliação. Colocamos alunos com mais de 15 anos sem estudar, na escola novamente, e ele entra na classe de alfabetização. Mas a avaliação do IDEB coloca esse aluno como um problema. Ele vai criticar um governo que coloca alunos na escola?”, questionou.

A respeito da obra da creche, o vereador afirmou também que é preciso respeitar a história. “Esse é um convênio de 2010/2011. Eu não estava lá pra falar que foi na minha gestão que a obra começou. Mas teve uma continuidade de processo, desde o projeto, a elaboração até a construção. Fomos lá pra prestigiar o evento. Mas tem uma história que tem que ser respeitada”, reforçou.

Ele conta também que nenhum vereador foi convidado para a mesa de inauguração da creche. “Quero acreditar que foi um erro do cerimonial. Mas isso é um desrespeito com o legislativo”, disse. “Se ele tiver de novo esse tipo de debate. Vou chamar ele pra debater educação aqui comigo”, disparou.

Denúncia contra o sistema municipal de Saúde - Cori falou ainda sobre o caso de uma gestante que teve a consulta de pré-natal marcada para dez meses depois. “E esse procedimento está protocolado no sistema de saúde municipal. Como pode, ela receber a consulta três meses depois que teve o filho?”, questionou. O parlamentar entende que este foi um caso isolado, mas que precisa ser investigado e debatido. (Ascom/CMVC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments