PLANTÃO POLICIAL - Policia civil realiza reconstituição da morte do ativista LGBT Marquinhos Tigrezza

PC 1
Agentes do DPT e policia civil de Itapetinga e Itororó realizaram a reconstituição do crime de homicídio do ativista LGBT Marquinhos Tigrezza de 40 anos, ocorrido no município de Itororó no último dia 18.

Os acusados Isaías Andrade Souza Júnior e Josenilton Ferreira Souza indicaram os locais em que o fato aconteceu, revelando detalhes do crime. A advogada Amanda Amorim acompanhou a reconstituição. RELEMBRE O CASO

IMG-20180818-WA0346
Após intensa investigação e com agilidade a polícia prendeu os dois acusados deste crime bárbaro que chocou a população e repercutiu em todo o Brasil.  O coordenador de polícia, Roberto Junior, o delegado titular da Comarca de Itororó, Frank Nogueira, a coordenadora regional do DPT, Isnara Martins e o perito José Carlos estavam acompanhados de agentes civis.
PC 2
O morador de Bandeira do Colônia, atuante em Itororó, Itapetinga e região, líder LGBT Marcos Cruz Santana de 40 anos, conhecido como “Marquinhos Tigresa” foi brutalmente assassinado durante a madrugada deste sábado, 18, possivelmente a golpes de faca e teve sua genitália dilacerada.
Com vários sinais de golpes de faca no pescoço o corpo de Marquinhos foi encontrado próximo a Rodoviária de Itororó por volta das 02:30H por populares que acionaram a polícia militar que atuou na verificação, acionou o DPT de Itapetinga para que fez a remoção do corpo em seguida. (Blog Itororó Já)

Comments