SESSÃO ESPECIAL - Pronunciamento da vereadora Viviane Sampaio

Durante a sessão especial da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) sobre a negociação salarial entre professores municipais e o Executivo Municipal, nesta quarta-feira, 8, os vereadores discutiram sobre a melhor forma de garantir o diálogo e assegurar os direitos históricos já conquistados pela categoria.

Viviane interroga: “Cadê o governo do povo?” – A vereadora Viviane Sampaio (PT) condenou a ausência do prefeito Herzem Gusmão ou um representante na sessão. 

Ela frisou que o objetivo maior era ouvir o Executivo, especialmente os secretários de Administração, Finanças e Educação e seus posicionamentos sobre o Projeto de Lei Ordinária do Executivo nº 12 de 2018 que prevê reajuste de 6,79% para os professores de nível I, 2,76% para o nível II. “O reajuste não é legitimado por essa categoria [professores]”, falou. 
Em sua fala, exigiu respeito do Executivo. Para ela, não se justifica a ausência de agentes da prefeitura no debate, já que a sessão foi marcada na semana passada e amplamente divulgada. Viviane avalia que o discurso eleitoral do atual prefeito que prometia uma gestão aberta à população agora mostra a verdadeira face. “É um governo fechado, autoritário e truculento”, cravou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments