SUDOESTE DA BAHIA - Descoberta gigantesca reserva mineral em mais de 32 municípios baianos

Resultado de imagem para provincia mineral
Imagem: Redes sociais/ilustrativa
Após mais de dez anos de estudos em municípios das regiões Sudoeste e Oeste da Bahia, o geólogo Carlos Cavalcanti (imagem abaixo) descobriu uma província mineral com cerca de 12 mil km2, rica em minério de ferro, manganês, cobre, zinco, bauxita, grafeno e fosfato, entre outros.

A descoberta foi comunicada ao Presidente da República, Michel Temer, durante audiência nesta semana, com a participação do deputado federal José Rocha (PR), do prefeito de Caetité, Aldo Gondim, e do geólogo.

As pesquisas mostraram ao estudioso que a nova província mineral é maior que a de Carajás, no Pará, e se estende por mais de 32 municípios, entre eles, Caetité, Brumado, Paramirim, Igaporã, Ibipitanga, Macaúbas, Lagoa Real, Matina, Riacho de Santana e Tanque Novo.

Após a explicação da descoberta, Michel Temer determinou ao Ministério das Minas e Energia a análise imediata dos estudos, para que sejam tomadas as providências necessárias ao início da exploração mineral na região.

Geólogo de formação, o empresário João Carlos Cavalcanti ficou bilionário ao encontrar grandes jazidas de minério de ferro no interior da Bahia. Sua fortuna não parou de crescer nos últimos 30 anos. E JC, como é conhecido no mundo dos negócios, vive de acordo com o patrimônio que amealhou. 

Embora evite badalações, gosta de pilotar carros de luxo, numa coleção que inclui Ferrari, Porsche e Maserati. Também tem vida ativa na política de seu Estado, mas sempre foi homem de atuar nos bastidores. 

chamada.jpg

g_bilionario.jpg
Fonte Istoé

Comments