TAXISTA ESTUPRADOR - Motorista que tem ponto no aeroporto de Conquista é acusado de violentar passageira

Resultado de imagem para aeroporto de conquista
Um taxista, cujo nome ainda não foi revelado pela polícia, mas que fontes garantem e tratar de Thiago "Gordinho", é acusado de dopar e violentar uma passageira que solicitou seu veículo ao sair do aeroporto de Conquista.
De acordo com relato da suposta vítima à delegada de polícia Iara Gardênia, o acusado teria lhe oferecido água com sonífero. Em  seguida, ela teria adormecido e acordado num quarto de motel, também em Conquista.

O Sindicato dos Taxistas confirmou a versão apresentada pela polícia sobre a queixa, mas disse que está apurando e adotando providências sobre o assunto, devendo divulgar uma nota em seguida. Um dos diretores do sindicato, que não autorizou a publicação do seu nome, encaminho a seguinte mensagem

"Boa noite. No momento não tenho o sobre nome completo dele. Só sei que é Tiago. É preciso checar melhor essas informações, pois não acreditamos em estupro. As informações iniciais é de houve uma relação com aceitação de ambos".

O caso teria ocorrido na manhã desta terça-feira (14). A polícia esteve no aeroporto e, depois de uma conversa com o acusado, deu voz de prisão e o-levou ao Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep). A defesa do acusado ainda não se pronunciou.

Colegas do taxita confirmam que realmente se trata de Thiago, mas acreditam se tratar de um mal entendido, haja vista que o perfil dele não condiz com o relatado pela suposta vítima. De acordo com alguns taxistas ouvidos pela reportagem do Sudoeste Digital, o único problema envolvendo ele é em relação à disputa agressiva por passageiros.

Aguarde mais informações.

Comments