VIOLÊNCIA - 146 processos de crimes contra mulheres aguardam julgamento pelo Tribunal do Júri em Conquista

Resultado de imagem para violencia contra a mulher
O número foi divulgado pelo Juiz de Direito Reno Viana Soares, nessa quarta-feira, (1º), quando foi levado a julgamento pelo Tribunal do Júri de Vitória da Conquista o réu Carlos Henrique Silva Almeida, acusado da prática do crime de feminicídio.


Resultado de imagem para violencia contra a mulher

Segundo o Magistrado, a lista contendo a descrição desses 146 processos de crimes contra mulheres  será encaminhada às autoridades competentes, para as providências cabíveis.

Para debater o assunto e apresentar ações de combate a esses crimes, acontecerá uma coletiva, quarta-feira (8), às 9h30, com o juiz Reno Viana e com o promotor José Junseira, além da advogada Luciana Santos Silva, diretora jurídica da União das Mulheres de Vitória da Conquista. O evento será no Fórum João Mangabeira.

O crime julgado nessa quarta-feira aconteceu dia 9 de fevereiro de 2017, no interior de uma residência localizada no Bairro Campinhos, em Vitória da Conquista, quando o Réu desferiu um tiro em sua namorada Maricléia Santos Oliveira, de 13 anos de idade. RELEMBRE O CASO

No julgamento pelo Tribunal do Júri, atuou na acusação o promotor de Justiça José Junseira Almeida de Oliveira. Segundo ele, o crime foi cometido por motivo torpe, em razão da vítima estar grávida do Réu e este não aceitar a gravidez.

Na defesa atuou o advogado Weldon Brito Dutra, que sustentou a tese de desclassificação do crime para homicídio culposo, alegando ter sido acidental o disparo que atingiu a vítima.

O réu Carlos Henrique Silva Almeida, que se encontra preso há um ano e um mês, foi condenado a dezesseis anos e oito meses de prisão pela prática do crime de feminicídio, com causa de aumento de pena referente a delito contra pessoa menor de catorze anos de idade.

A sessão do Tribunal do Júri foi presidida pelo juiz de Direito, Reno Viana Soares, que também informou que o julgamento estava sendo pesquisado pela  Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). O julgamento também foi registrado em vídeo por equipe coordenada pela pesquisadora Bruna Cardoso Alves, para fins científicos. (Fonte: Vara do Júri e Execuções Penais de Vitória da Conquista)

RELAÇÃO COMPLETA DAS 146 VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments