CONQUISTA - Com salários cortados pelo prefeito, professores pedem doação de alimentos

A imagem pode conter: 20 pessoas, pessoas sorrindo, multidão
O sindicato dos professores municipais vai realizar uma campanha solicitando doação financeira e de alimentos aos membros da categoria. “Vamos espalhar caixas nos supermercados da cidade pedindo alimentos para os professores e monitores que tiveram os seus salários roubados por (Herzem Gusmão) Pereira", informou a presidente do SIMMP, Sindicato do Magistério, Ana Cristina Novais. CLIQUE AQUI E SAIBA COMO AJUDAR.



A imagem pode conter: texto
Segundo ela, a maioria é de arrimo de família. A situação vai ser discutida em assembleia geral da categoria, na próxima segunda-feira (3), no auditório do Colégio Luís Eduardo Magalhães, a partir das 8h30.

Em pauta, o corte dos salários dos professores grevistas, conforme o governo municipal já havia advertido. A presidente do sindicato, não poupou críticas ao prefeito Herzem Gusmão (MDB), informou o Blog do Fábio Sena.

Segundo ela, o corte foi feito apesar da disposição da categoria em repor as aulas. “Covarde. Ele atropela de forma truculenta qualquer bom sendo. É cruel, covarde e ilegal. Vamos abrir contas no Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Já temos a Adusb e o Sindicato dos Bancários, que vão doar uma quantia em depósito e outros sindicatos também vão doar”, informou Ana Cristina.

A sindicalista afirmou ainda que será realizado um trabalho em toda cidade pedindo alimentos para os professores. “Teve muita professora chorando hoje. Esse governo é um desastre. Conquista hoje é terra arrasada. Ao que parece, o prefeito entende que nada tem a perder e vai detonar geral. Não vamos amenizar para esse truculento e autoritário. Crueldade pura. Vamos abrir as contas e pedir doações. Ele vai ser lembrado por isso até depois da morte”, afirmou Ana Cristina ao Blog do Fabio Sena.

Comments