EXCLUSIVO - Máfia do pátio e do guincho atua em Conquista, denuncia vereador David Salomão; ele também acusou desembargador de "vender sentenças"

O vereador David Salomão (PRTB ) fez um dos mais duros e incisivos discursos em plenário na Câmara de Vitória da Conquista, na manhã desta quarta-feira (5), ao denunciar a existência de uma quadrilha que, segundo ele, controla guinchos e pátio na Bahia para onde são encaminhados os veículos apreendidos em blitze.

Salomão também atacou o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Gesivaldo Britto, que derrubou nessa segunda-feira (3) a liminar da chamada "Blitz do IPVA" [ Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores], que proibia a apreensão de carros com documentação em atraso.


Resultado de imagem para patio do detran

"Conseguimos, a duras penas, proibir a Blitz do IPVA na cidade de Vitória da Conquista. Juiz corajoso deu a decisão muito bem fundamentada, mas para nossa surpresa. Aliás, já era esperado, o presidente do Tribunal de Justiça, Gesivaldo Britto, um velho conhecido no mundo jurídico como vendedor de sentença. Não tenho medo de falar. Se a Polícia Federal não chegar em vocês, Deus vai e encarregar disso".

"(Ele) decidiu do lado do sistema, do lado do governo, mas a Bahia conhece, desembargador, que o senhor é um vendedor de sentença e o CNJ lhe aguarda. Nós lhe esperamos no CNJ. Está pronta a reclamação no CNJ. Nós vamos desarticular a quadrilha de pátio e guincho que está oprimindo o povo da Bahia".

OUÇA A ÍNTEGRA DO ÁUDIO 


Candidato a deputado federal, Salomão ganhou ainda mais notoriedade em meio ao eleitorado ao obter liminar judicial que proibia a "Blitz do IPVA". Sem poupar críticas ao governo do Estado, na figura do governador Rui Costa (PT), o vereador acredita, embora sem fazer referência explícita, que a derrubada da liminar pelo Tribunal de Justiça tenha sido em retaliação à sua campanha.

Com a nova sentença, volta a ter efeito a retenção de veículos sem licenciamento, ou seja, sem CRVL [Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo], bem como esteja em débito com o IPVA . A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça ainda não se manifestou sobre as acusações do vereador.

LIMINAR

A operação é realizada pelo Detran [Departamento Estadual de Trânsito] com apoio da Polícia Militar. Em junho passado, o juiz Ricardo Frederico Campos, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Conquista, tinha suspendido a blitz.

Na decisão, o desembargador considerou que a apreensão e remoção de veículos que transitam sem CRLV estão previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Ainda segundo a sentença, o não pagamento dos tributos poderia causar precedentes, fazendo com que veículos circulem sem as condições ideais de segurança, já que não seriam vistoriados, o que submete a população a risco de dano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments