INFORME | Federação de agricultores baianos comemora os 55 anos com nova diretoria

Ao lado da vereadora Nildma, o novo presidente da Fetag, João da Cruz, ressaltou que essa nova gestão é de continuidade
Imagens: Arquivo pessoal
Com a presença de lideranças estaduais e nacionais foi realizada, nesta segunda-feira (17), a posse da nova diretoria da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag), na Bahia, ao mesmo tempo que celebra os 55 anos da federação.




A solenidade aconteceu no auditório do Centro de Formação da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em Salvador. O evento contou com a presença da assessora sindical da Fetat-Bahia, vereadora Nildma Ribeiro. "Participamos da posse da nova diretoria eleita da FETAG-BA, e comemoração dos seus 55 anos de Luta e Resistência. Vida Longa à FETAG-BA", postou Nildma em suas redes sociais.


O secretário estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), Jeandro Ribeiro, fez uma contextualização histórica desses 55 anos da Fetag e da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), que também completa 55 anos de existência e, além de apresentar diversas ações que vem sendo executadas, voltadas para o desenvolvimento rural, reconheceu a importância da federação na destinação de políticas públicas para o rural.


“Estão sendo executadas diversas ações pelas secretarias do Governo, não só em ações voltadas para a agricultura familiar, inclusão socioprodutiva, agroindustrialização, mas também em áreas como a da educação, com escolas em comunidades rurais e assentamentos de reforma agrária e fábrica escola. Essas são políticas públicas construídas de forma participativa e isso é simbólico e histórico, e agente precisa reconhecer isso”.

O novo presidente da Fetag, João da Cruz, ressaltou que essa nova gestão é de continuidade: “Vamos dar continuidade às ações das gestões anteriores e buscar mais mecanismos para o desenvolvimento rural. Esse é o nosso maior objetivo: fortalecer a questão da sustentabilidade financeira dos agricultores, que é de fundamental importância”.

A Fetag

A agricultura familiar é uma das bandeiras da federação, considerada como uma forma de desenvolvimento sustentável e solidário, que deve ter assistência técnica gratuita, continuada e de qualidade.

A Fetag atua ainda nas questões relacionadas à Previdência Social; em políticas voltadas para a reforma agrária; juventude, como forma de sucessão rural; de produção de alimentos saudáveis, com base agroecológica e orgânica; de desenvolvimento das mulheres, que são a maioria nos sindicatos, na Bahia e no Brasil; além da terceira idade, para ações relacionadas à organização e formação política dos sindicatos, daqueles que contribuíram com o desenvolvimento do nosso país, por meio dos Sindicatos de Trabalhadores Rurais. (Com informações da Ascom/Fetag)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments