ELEIÇÕES 2018 | Médicos não liberam Bolsonaro para primeiro debate do 2° turno


A junta médica que acompanha o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) desde que ele sofreu um ataque à faca, em 6 de setembro, não o liberou para participar do primeiro debate deste segundo turno, que estava previsto para esta semana na TV Bandeirantes.
De acordo com os médicos, Bolsonaro perdeu 15 quilos e ainda está com saúde fragilizada, embora esteja se recuperando bem das cirurgias.
O candidato do PSL deverá passar por uma nova avaliação no dia 17. A expectativa é que, a partir desta data, ele seja liberado para fazer campanha nas ruas e ir aos debates.
Bolsonaro conquistou 47% dos votos válidos no último domingo (7) e vai disputar o segundo turno com Fernando Haddad (PT), que obteve 26%.
O ex-capitão do Exército não compareceu à maioria dos debates presidenciais, já que ficou internado por 23 no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Nesta terça-feira, Haddad alfinetou o concorrente sobre sua ausência nos mais recentes debates da televisão. “Como ele tem dado entrevistas, creio que ele tem condições de ir a debates. Eu nunca fugi a um debate. Nem com gripe. Espero que ele compareça”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments