INVESTIGAÇÃO JORNALÍSTICA | Saiba o que levou Diego a surtar e atacar segurança no Bradesco


Todos os dias, ao cair da tarde, Diego Andrade de Souza, 30 anos, deixava o Bairro Vila Elisa, onde mora e perambulava pela movimentada Avenida Frei Benjamin, zona Oeste de Conquista, ora oferecendo pulseiras artesanais fabricadas por ele, ora abordando clientes em bares, pastelarias e bancas de acarajé.
Mesmo diante dos insistentes pedidos de dinheiro, as pessoas não o-viam como ameaça, porém temiam quando ele entrava numa espécie de transe, provocado pelo uso de drogas e medicamentos controlados.

O medo de um ataque agressivo se transformou em realidade na manhã desta quarta-feira, 24, quando ele atravessou a Avenida Integração e mostrou seu lado mais agressivo, provocando intenso tiroteio nua agência do Bradesco. Mas, o que teria levado Diego a mostrar o seu lado perverso? ENTENDA O CASO.

A reportagem do Sudoeste Digital/TV Conquista apurou com parentes e pessoas mais próximas a ele.

De acordo com todos os entrevistados pela reportagem, Diego é acometido de transtorno esquizoafetivo, razão pela qual obteve direito à aposentadoria por invalidez.

Sem atender ao chamado do INSS para recadastramento biométrico na agência onde recebe o pagamento, o benefício foi suspenso.

Sem amparo legal e em vez de buscar ajuda familiar para o restabelecimento do benefício junto ao Juizado Especial Federal, Diego optou pelo pior caminho.

"Ele chegou aqui com uma bolsa, bastante agitado, dizendo que queria entrar no banco para fazer a biometria, mas a segurança pediu para ver a bolsa, se havia alguma arma. Foi aí quele se irritou, jogou a bolsa ao chão e, no descuido, tomou a arma do segurança. A partir daí começou a disparar e não vi mais nada", contou uma fonte ao Sudoeste Digital/TV Conquista. Nem o banco nem o INSS se pronunciou sobre as informações.


REPORTAGEM RELACIONADA
IMAGENS EXCLUSIVAS | Cenas do tiroteio numa agência do Bradesco em Vitória da Conquista

Quais os sintomas do transtorno esquizoafetivo?

O transtorno esquizoafetivo tem como principal característica a manifestação de sintomas esquizofrênicos associados a um distúrbio afetivo simultaneamente.

Os sintomas associados à esquizofrenia incluem delírios (fantasias com manias de perseguição), alucinações (ouvir vozes e conversas), mudanças de pensamentos, alterações nas relações afetivas, dificuldade de concentração e alterações na coordenação motora.

As manifestações de alterações de humor nas fases depressivas podem incluir desânimo, tristeza, falta de vontade e iniciativa, insônia, pensamentos negativos, baixa autoestima, dificuldades de concentração, entre outros sinais e sintomas.

Nos episódios maníacos do transtorno esquizoafetivo, o paciente pode apresentar irritabilidade, hiperatividade física e mental, falta de atenção excessiva, elevada autoestima, impulsividade e aumento dos gastos financeiros. (Colaborou: Jussara Novaes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments