ITAPETINGA | Bolsonaro volta às atenções para cidade baiana onde venceu nos dois turnos; Magno Malta, homem forte do novo presidente, nasceu na região

Resultado de imagem para "bolsonaro* itapetinga"
Jussara Novaes (Sudoeste Digital/TV Conquista) - O que a vitória de Jair Bolsonaro representa para Itapetinga, município baiano que garantiu maioria para o então candidato nos dois turnos nas eleições presidenciais, após promover duas gigantescas carreatas? A primeira carreata pró-Bolsonaro em Itapetinga, por exemplo, parou a cidade: foram 1.978 carros.
A resposta está na cabeça do presidente eleito, ms as especulações já começam a tomar as redes sociais, principalmente pelo fato do senador Magno Malta, natural da região, ser o homem forte do novo governo.

Ele nasceu em Macarani, mas logo se mudou para Itapetinga, acompanhando o pai, Emiliano relojoeiro. Além do prefeito Rodrigo Hagge (MDB), que ganha dividendos com a eleição de Bolsonaro é o radialista Edilson Lima, amigo pessoal e conterrâneo de Magno Malta e ex-vice prefeito de Itapetinga.

Itapetinga, o município baiano que garantiu o primeiro lugar para Bolsonaro, totalizou 53,69% válidos contra 46,31% para Haddad. Os outros municípios que deu vitória a Bolsonaro foram Luís Eduardo Magalhães, Teixeira de Freitas e Buerarema 
De acordo com pessoas mais próximas ao senador, que abriu mão da campanha de reeleição para se engajar no projeto de Bolsonaro, os principais cargos de confiança nas estatais baianas serão entregues a correligionários da microrregião de Itapetinga. "O próprio governador Rui Costa teria ficado insatisfeito com alguns apoiadores que mudaram de lado", confidenciou uma fonte política.

Também não está descartada a transferência de superintendências para a cidade, além da criação de uma universidade federal, posto avançado da Polícia Federal e um hospital de referência regional. A reportagem do Sudoeste Digital/TV Conquista manteve contato com uma fonte próxima a Magno Malta, mas ela não quis fazer especulações. "Provavelmente Bolsonaro irá recompensar a região", desconversou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments