CRIME NO VILA SERRANA | Envolvido disse que morte é fruto de guerra do tráfico; polícia investiga

Envolvido no assassinato de DIENESON GUIMARÃES ARAUJO COSTA alega que matou vítima por causa de gurra do tráfico. Polícia civil apura esta versão.


No último domingo, dia 04/11/18, no bairro Vila Serrana,  DIENESON foi assassinado em frente ao estabelecimento comercial do seu pai, o qual foi ferido gravemente ao tentar impedir a morte do seu filho.

A Delegacia de Homicídios, em diligências ininterruptas desde o fato delituoso, localizou e prendeu LUCAS LIMA SANTOS, o ‘LUQUINHAS’ (19 anos), o qual estava internado no HGVC por ter sido alvejado acidentalmente pelo próprio comparsa durante a empreitada criminosa.

Diante das provas de autoria apresentadas a LUCAS pela DH, este, na presença de um advogado, confessou ser integrante de uma facção criminosa voltada, sobretudo, ao tráfico de drogas, e que arquitetou e participou do homicídio de DIENESON, sob a alegação de que este seria integrante de uma facção rival e também mandante de um homicídio que vitimou um comparsa de LUCAS, no início deste ano, em Vitória da Conquista.

Em relação à veracidade do quanto alegado por LUCAS sobre DIENESON, será alvo de apuração durante o prazo legal para  conclusão do inquérito policial.

O executor dos disparos que vitimaram DIENESON e seu pai, segundo LUCAS, seria um indivíduo que teria sido beneficiado pelo ‘saídão de finados’, contudo, este ainda não foi identificado.

Fonte: DH/VCA.

Postar um comentário

0 Comentários