INTERCÂMBIO | Estudantes americanos ministram oficinas sobre Robótica e Programação com Scratch no CJCC de Vitória da Conquista

Esta semana está sendo de novos conhecimentos sobre tecnologia para os estudantes do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) de Vitória da Conquista (509) km da capital).


Eles estão trocando experiências com quatro universitários americanos do Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT) - uma das mais conceituadas universidades do mundo – e que estão ministrando oficinas criativas de Programação com Scratch e de Robótica, até a próxima sexta-feira (11), para os estudantes da rede estadual de ensino.

As atividades também contam com a parceria de alunos da Universidade de São Paulo (USP), do Instituto Federal da Bahia (IFBA) e da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), responsáveis por fazerem a mediação entre os alunos do MIT e os alunos do Centro Juvenil.

As oficinas são verdadeiros laboratórios de ensino personalizado sobre temas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática, que vão complementar o currículo do Centro Juvenil, destacando a abordagem prática do MIT à Educação. Os estudantes do MIT vão se dividir em duplas no período de realização de cada curso.

O universitário do MIT, Mario Menezes Contreras, 21, que está ministrando a oficina de Programação com Scratch, falou da troca de experiências com os estudantes da rede estadual. “Estou aproveitando para passar um pouco do meu conhecimento e falar sobre a minha realidade que é similar à deles, porque também cresci sem acesso à ciência e tecnologia e, mesmo assim, consegui chegar no MIT e, isso, serve de exemplo para eles. A ideia da oficina é ensiná-los a pensar como programadores para que eles sejam incentivados a aprender outras linguagens”, revelou.

A estudante Analu Jesus Silva, 16, do Colégio Estadual Adélia Teixeira, disse que está gostando muito da oficina de Robótica. “Esta é uma área que eu acho muito interessante e ter contato com estudantes americanos, falando em Inglês, é muito interessante”, afirmou.

Quem também está aproveitando ao máximo a oficina de Robótica é Juliana Laranjeiras, 16, 2º ano, que estuda no Colégio Estadual Abdias Menezes. “Estou tendo contato com a Robótica pela primeira vez e poder adquirir conhecimento com os americanos é muito enriquecedor, pois também estamos revisando assuntos visto no colégio, a exemplo de Função do 2° Grau”, disse, entusiasmada.

Para a diretora do CJCC de Conquista, Elmara Pereira de Souza, esta é uma grande oportunidade. “É um privilégio receber no centro esses estudantes de uma instituição renomada e acredito que nossos alunos vão sair com mais conhecimentos e com a perspectiva de que podem aprender muito mais. Além disso, a limitação do idioma não está sendo uma barreira e, sim, um incentivo para que eles aprendam Inglês”, destacou a gestora. | Ascom NRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments