VITÓRIA DOS CLANDESTINOS, DERROTA DA CIDADE || Cidade Verde começa a entregar linhas do lote 1 que pertenciam à Viação Vitória

Resultado de imagem para empurrando a van
A Viação Cidade Verde vai entregar as linhas do lote 1, assumido pela empresa após a falência da Viação Vitória há mais de seis meses, em Vitória da Conquista. O começo do adeus será dia 13, com a retirada de cinco linhas do lote emergencial serão desabastecidos.
São elas:

R03 – Pradoso x Centro
R04 – Sta Marta x Centro
R06 – Senhorinha Cairo x Centro
R17 – Lagoa das Flores x Centro
D42 – Lagoa das Flores x UESB

Em nota, a empresa prefere amenizar as razões, assinalando que a medida é por força da crise no transporte púbico, porém o principal motivo é a falta de repressão da Prefeitura aos clandestinos, que agem no município com mais de mil veículos, entre vans, carros de passeio e aplicativos não regulamentados

Caso o lote seja entregue integralmente, 50 mil usuários/dia ficarão à mercê de clandestinos, que em sua maioria operam com veículos sucateados, sem as mínimas condições de segurança - alguns com placas clonadas, com restrição de furto e/ou roubo e condutores inabilitados para a categoria exigida pelo Detran.

As informações sobre estes dados são oficiais, apresentadas em relatório técnico - encomendado ao custo de R$30 mil pela própria Prefeitura - e em mãos da promotora do Ministério Púbico estadual, Lucimeire Carvalho.

As investigações também avançam para o comércio de linhas, ao custo médio de R$40 mil e aluguel diário de R$100,00, além do envolvimento de clandestinos a serviço do crime organizado para transporte de armas e drogas.

Quase nada foi feito para salvar o transporte público, que é um bem público a serviço de uma população de 90 mil usuários/dia.

Os reflexos atingem a todos, já que os clandestinos não aceitam meia-passagem de estudantes, gratuidade a idosos, pessoas com deficiência e agentes públicos, dentre outros. Eles também não circulam depois das 18 horas, nem aos finais de semana.

Os rodoviários temem perder postos de trabalho devido à ociosidade das linhas do lote 1 e o comércio também sofrerá os impactos, com a evasão de clientes, sem contar com recorrentes atrasos de funcionários que residem nas rotas das linhas do lote que pertencia à Viação Vitória. O caos está apenas começando. E não foi por causa de aviso...

Um comentário:

  1. Rapaz vocês tão ganhando o quê pra postarinverdades? Primeiro esta foto desta van e de zona rural e depois os vanzeiros que estão atuando estão preparados sim pra ingressar no transporte alternativo sim ,são todos habilitados e competententes ,isso daí é jogada da cidade verde pra por pressão o que falta na verdade e o prefeito cumprir com a palavra dele e tornar pública a legalização pois em várias cidades houve a legalização e estão todos trabalhando porque aqui em conquista não pode?porque será????

    ResponderExcluir

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments