Madeireira Sudoeste

Madeireira Sudoeste

CONQUISTA | Aeroporto Glauber Rocha vira porta de entrada para regiões turísticas da Bahia



Especial de Conteúdo - As novidades trazidas pela entrega do Aeroporto Glauber Rocha, no final de julho, refletem em Vitória da Conquista, e também em outros municípios da região. Com a intensificação dos voos e aumento da capacidade de passageiros no aeroporto, aumenta também as condições para que o setor do turismo se desenvolva cada vez mais.

OFERECIMENTO

Para a cidade do sudoeste baiano, terceira maior da Bahia, o presidente da Associação Comercial e Industrial do município, Márcio Pedro Costa, acredita que "o comércio forte, com visitantes de todas as regiões do Estado e do norte de Minas Gerais, tende a crescer ainda mais".

Na região de Vitória da Conquista, por exemplo, a 120 km de distância, Iguaí é o destino ideal para quem busca um roteiro ecológico. Com mais de 200 cachoeiras, o município oferece lindas trilhas e vistas para o visitante.

Nova operação

Inaugurado no dia 23 de julho, o Aeroporto Glauber Rocha começou a ter voos operados no dia 25 do mesmo mês. O novo equipamento conta com estrutura moderna, alta tecnologia e capacidade para operar voos maiores. 

A obra do aeroporto foi executada integralmente pelo Governo da Bahia, que investiu R$ 31 milhões no equipamento. Com valores repassados até o ano de 2018, o Governo Federal investiu R$ 106 milhões.

Antes x Depois: O que o Aeroporto Glauber Rocha traz de mais moderno para Conquista

Durante 50 anos, a porta de entrada para a cidade foi o Aeroporto Pedro Otacílio de Figueiredo, que nesse período recebeu cerca de 250 mil passageiros todos os anos, em voos de pequeno porte, com aviões turboélices.

No dia 24 de julho, deste ano o local foi desativado para dar lugar ao novo aeroporto da cidade, o Glauber Rocha. Maior e mais moderno, o equipamento inaugurado no dia 23 de julho duplicou a capacidade de movimentação e, agora, pode receber 500 mil passageiros anualmente.

Se com o Aeroporto Pedro Otacílio só era possível chegar em Conquista por via aérea em aviões de pequeno porte, o Glauber Rocha agora recebe grandes aeronaves, como Boeing 737-700, aumentando a quantidade de passageiros por voo. O novo aeroporto possui equipamentos mais avançados de navegação, o que possibilita que interferências climáticas nos pousos e decolagens sejam minimizadas.

Para receber aviões a jato, de maior porte, a pista do Glauber Rocha tem extensão de 2.100 metros, que pode chegar até 3.200, e pátio com capacidade para até cinco aviões. A concessionária VDC Airport está responsável pela gestão, manutenção e exploração das áreas e serviços do novo equipamento.

Além do investimento de R$ 31 milhões por parte do Governo do Estado, a administração estadual foi responsável pelo acesso ao Aeroporto. A obra da rotatória que dá acesso ao local foi executada pela concessionária da BR-116, a Via Bahia.

Mais turistas

Devido ao grande número de ofertas de voos e rotas do Aeroporto Internacional de Salvador, cidades e localidades próximas a capital baiana se beneficiam quando o assunto é turismo. Agora, o desenvolvimento nesse setor também é esperado em outras regiões do estado com o Aeroporto Glauber Rocha.

Com voos diários para São Paulo e Minas Gerais – no voo direto operado pela Gol, por exemplo, a capacidade é de 138 passageiros –, a expectativa é o turismo da região seja aquecido.

O novo equipamento serve como porta de entrada para, além de Conquista, regiões como a da Chapada Diamantina e todo o sudoeste baiano.

Com capacidade ampliada, Aeroporto Glauber Rocha recebe mais ofertas de voos e novas rotas

Antes mesmo da inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, no dia 23 de julho, companhias aéreas passaram a anunciar novidades nas rotas que chegam e saem da cidade do sudoeste baiano. Com o dobro de capacidade do antigo aeroporto, o novo equipamento poderá receber grandes aeronaves e atrair mais voos. A expectativa é que o equipamento amplie sua movimentação para 500 mil passageiros até o próximo ano.

Empresas como Azul, Passaredo e Gol já realizam voos que atendem aos moradores de Vitória da Conquista e região.

A Gol, por exemplo, passou a operar com voos diários para o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. O voo em um Boeing 773-700 tem capacidade para 138 passageiros. Até então, a rota era feita pela companhia aérea em parceria com a Passaredo, em aeronaves com capacidade de até 70 passageiros.

A Azul passa a ter aeronaves maiores nas ligações para Salvador e Belo Horizonte. Dos cinco voos semanais entre Conquista e a capital baiana, três serão realizados com aviões da fabricante brasileira Embraer, equipados com TV ao vivo. Na rota Vitória da Conquista-Belo Horizonte, a empresa aumentará a capacidade de assentos, ao operar com as aeronaves modelo Embraer 195, com capacidade para até 118 clientes.

A companhia, que opera em Conquista desde 2012, também anunciou a criação de uma nova operação. A cidade baiana agora terá voos diretos para Campinas, no interior de São Paulo. A nova rota começa a operar a partir do dia 5 de agosto, mas já é possível comprar passagens através do site da empresa.

Com os novos voos e aeronaves maiores, a Azul passa de 280 assentos por dia para uma oferta de 708 lugares diários, crescimento de 152% em capacidade.

Além da Azul, a Passaredo também anunciou aumento de ofertas de voos operados no aeroporto. Esse aumento ocorreu após a medida do Governo do Estado de reduzir do Imposto sobre Circulação de Mercadores e Serviços (ICMS) e a diminuição de custos das operações aéreas.

Investimento

A obra do Aeroporto Glauber Rocha, com investimento de R$ 106 milhões, foi executada integralmente pelo Governo da Bahia, com mais de R$ 31 milhões do orçamento da administração estadual. O equipamento também recebeu investimento do Governo Federal, repassados até o ano de 2018.

O valor investido pelo Governo da Bahia foi destinado para desapropriações, elaboração de projetos, obras das pistas de pouso e terminal de passageiros, além de outras intervenções, como as vias de acesso até o novo aeroporto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Comments