novo horizonte fainor Visualizar

CONQUISTA | Acusado de matar rival do tráfico recorre de sentença, mas é condenado pela segunda vez.


Nessa quarta-feira, 11 de setembro de 2019, foi levado a julgamento pelo Tribunal do Júri de Vitória da Conquista, Bahia, pela segunda vez, o réu Natanael Santos da Silva, acusado da prática de homicídio qualificado. (imagem abaixo)
Resultado de imagem para Natanael Santos da Silva

Segundo a acusação, o fato teria acontecido no dia 03 de abril de 2016, por volta das 19h30, em via pública, na Travessa Santa Ana, no Bairro Nossa Senhora Aparecida, em Vitória da Conquista – BA, tendo como vítima  Rômulo Melo Pereira, estando o acusado preso há quase três anos.

O réu foi condenado pelo Tribunal do Júri em agosto de 2018, mas a sua defesa recorreu e conseguiu que ele fosse novamente julgado.  Pela segunda vez submetido a julgamento, o réu  voltou a ser condenado a catorze anos de reclusão.

O julgamento foi presidido pelo Juiz de Direito Reno Viana Soares. Atuou na acusação o Promotor de Justiça José Junseira Almeida de Oliveira. Na defesa atuou o Advogado José Correia dos Santos.

Neste julgamento o Advogado José Correia dos Santos estreou “beca” que a OAB local doou ao Tribunal do Júri, para ser utilizada pelos defensores das pessoas submetidas a julgamento.

Durante a sessão a mãe do acusado desmaiou no Salão do Júri e teve que ser socorrida pelo SAMU, que a conduziu ao Hospital Unimec para atendimento médico.

Na próxima quarta-feira, dia 18, acontecerá outra sessão de julgamento do Tribunal do Júri em Vitória da Conquista. | Fonte: Marcos Rocha

Postar um comentário

0 Comentários