QUEBRÃO | Homem morto a tiros devia a traficantes


Júlio César Santos Novaes, 20 anos, morto a tiros na manha desta quinta-feira, 12, no Bairro Patagônia, em Conquista, pagou com a vida dívidas com o tráfico de drogas.

Pelo menos é a versão que própria família sustentou ao reconhecer o corpo, estendido nas proximidades do Deserg (Departamento de Serviços Gerais da Prefeitura).

Populares informaram que Júlio César trafega na referida via em sua bicicleta quando foi surpreendido por dois indivíduos que estavam a pé, e um deles deflagrou os disparos que o atingiram na cabeça e em um dos braços e em seguida evadiram sentido ignorado. Na gíria dos bandidos, ele teria dado "quebrão" (deixado de pagar a droga consumida) em algum traficante.

O crime aconteceu por volta das 11 horas, na rua Itambé, bairro Patagônia, zona oeste de Vitória da Conquista. Prepostos do SAMU 192 atenderam o chamado até a vítima e constataram o óbito.
O DPT se fez presente e recolheu o corpo para o IML.

Em consulta ao Portal SSP/BA verificou-se que a vítima tinha passagens por posse ilegal de arma de fogo e posse de entorpecentes. A Delegacia de Homicídios divulgou imagens dos autores do homicídio:






Postar um comentário

0 Comentários