EXCLUSIVO | Saiba quais os municípios baianos que alcançaram 100% de eleitores com biometria eleitoral


Resultado de imagem para candiba

Sudoeste Digital (Conteúdo) - Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelam que 27% dos eleitores ainda não fizeram o cadastro biométrico no Brasil. Parte deles terá o título cancelado caso não faça a coleta de impressões digitais e a atualização de dados até maio de 2020, já que a biometria será obrigatória em várias cidades do país.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO



Na Bahia, apenas três dos 417 municípios têm 100% dos eleitores cadastrados pela biometria. Tratam-se de Aiquara, que possui 3.796 eleitores, Candiba (imagem acima), com 3.796, Muniz Ferreira, com 7.070 e Cravolândia, com 3.605 aptos pelo TRE a votar nas próximas eleições, que serão realizadas a pouco menos de um ano, em 4 de outubro de 2020.




Em Vitória da Conquista , maior município do Sudoeste e terceiro da Bahia, dos 226.472 aptos pelo TRE, 226.398 já fizeram a biometria, o que corresponde a 99,97% do total. Em todos os 26 TREs (tribunais regionais eleitorais) a votação por biometria será obrigatória em 4.578 municípios – mais de 80% do total.

Madeireira Sudoeste

CLIQUE AQUI E CONFIRA A SITUAÇÃO EM TODOS OS MUNICÍPIOS DA BAHIA

Atualmente, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 107 milhões de eleitores fizeram o cadastro biométrico. No Brasil, há 146 milhões de eleitores. A meta do TSE é que a votação com biometria seja obrigatória em todo o Brasil nas eleições de 2022.

Segundo dados do TSE, os estados com os menores percentuais de eleitores com biometria são, em ordem, Minas Gerais (40,8% com o cadastro), Espírito Santo (48,9%) e Rio de Janeiro (52,5%).


No total, 17 estados já concluíram ou devem concluir o cadastramento biométrico até o início de 2020 e, por isso, adotarão a obrigatoriedade das impressões digitais em todos os municípios nas eleições de 2020.

São eles: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins. | Com informações do TSE.

Postar um comentário

0 Comentários