BAIANO | Um dos 9 mortos em Paraisópolis era da Região Sudoeste

Nascido na Bahia, ele vivia em São Paulo há 15 anos

SUDOESTE DIGITAL - O mais velho entre os nove jovens mortos em Paraisópolis, São Paulo, era Mateus dos Santos Costa. Nascido em Maracás, Sudoeste da Bahia, ele vivia em São Paulo havia 15 anos, mas seu corpo irá para a terra natal para ser enterrado.

Aos 23 anos, Mateus deixou uma mãe doente e uma irmã grávida de nove meses, que receberam a notícia por telefone. Além delas, a morte do jovem causou indignação no irmão e na cunhada.

“Se fosse um menino errado, eu mesma falaria: ‘Ele é errado, não presta’. Mas não. Era um menino sossegado. Isso que a polícia fez foi errado”, disse a cunhada Silvia Ferreira.

Nove mortos em Paraisópolis tinham entre 14 e 23 anos

Os nove mortos após a ação da Polícia Militar em um baile funk em Paraisópolis tinham coisas em comum além do trágico destino: eram jovens, gostavam de funk e, em suas famílias, deixaram um misto de tristeza e indignação.

Se a versão oficial da polícia é de que os jovens morreram todos durante um suposto pisoteamento, familiares das vítimas questionam a possibilidade e choram as perdas de seus entes queridos, todos de idade entre 14 e 23 anos. | Apurado por Sudoeste Digital.

Postar um comentário

0 Comentários